Feira de Santana

Ministros visitam obras do Complexo Educacional de Feira de Santana

A visita foi acompanhada pelo prefeito Colbert Martins Filho, pela secretária de Educação Anaci Paim, e vereadores.

10/04/2021 12h01, Por Andrea Trindade

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Andrea Trindade

Os ministro da Cidadania e do Turismo João Roma e Gilson Machado Neto, e o secretário especial da Cultura, Mario Frias estiveram em Feira de Santana na manhã deste sábado (10) para conhecer as obras do Complexo Educacional, em construção na área do antigo Feira Tênis Clube. A visita foi acompanhada pelo prefeito Colbert Martins Filho, pela secretária de Educação Anaci Paim, e vereadores.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

As obras da Escola para Crianças Especiais e do Ginásio de Esportes Péricles Valadares já foram concluídas e fazem parte da primeira das três etapas de entrega do Complexo. O prefeito acredita que no primeiro semestre de 2022, a obra esteja concluída integralmente. O edifício garagem já está em construção e possivelmente em julho deve ser iniciada a obra da sede da Secretaria Municipal de Educação.

“Estamos recebendo as chaves da Escola para Crianças Especiais, fica na parte antiga do Feira Tênis Clube que foi toda recuperada. Estamos aqui com a professora Anaci e, neste momento, já demos entrada na licitação para comprar os móveis. Os móveis não são comuns, as cadeiras e as mesas não são comuns, todos os equipamentos que virão para cá são específicos para pessoas especiais, portanto, são móveis com desenhos específicos, acolchoados, e vamos treinar o pessoal para quando tivermos atividades presenciais. Essa área do Complexo Educacional, que é a primeira a iniciar as atividades, será exatamente para as crianças que mais precisam. A escola está pronta”, informou o prefeito ao Acorda Cidade.

Fotos: Ed Santos/Acorda Cidade

Segundo ele, o Ginásio de Esportes será totalmente voltado para esportes adaptados para pessoas com deficiência.

Ministério da Cidadania

Amigo do prefeito Colbert Martins, o ministro da Cidadania João Roma veio à região para fazer uma visita a Serrinha e ao saber da vinda, o prefeito o convidou para conhecer a obra em Feira de Santana. Segundo Colbert, o Ministério da Cidadania, conhecido como o braço social do governo federal, poderá contribuir com verbas para o funcionamento do local.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Ao Acorda Cidade, o ministro destacou que é importante a presença do governo federal junto à realidade da população brasileira e destacou a cidade de Feira de Santana como a maior cidade do interior do Nordeste.

“Feira de Santana é a maior cidade do interior do Nordeste brasileiro, cidade de grande população, emblemática para muitas cidades no seu entorno e é fundamental que a gestão do governo federal esteja próxima da realidade do dia a dia do cidadão. Esse olhar, essa proximidade tem a finalidade principal de melhorar a qualidade de vida do nosso povo mais sofrido”, declarou.

João Roma disse também que teve uma conversa ontem (9) com o presidente da república Jair Bolsonaro sobre a visita a Feira de Santana.

“O presidente Jair Bolsonaro conversou comigo, com Gilson Machado, inclusive, ontem quando dissemos que iríamos visitar Colbert , disse que a gente focasse atenções para a cidade de Feira de Santana para resolver inclusive pendências históricas como a questão da união de esforços na busca da consolidação do rodoanel de Feira de Santana, pauta essa que já tratamos com o ministro Tarcísio (de Infraestrutura) e estamos aqui para agir de maneira coordenada , e fazer com que o governo federal esteja cada vez mais próximo do brasileiro que mais precisa”, informou.

Ministro do Turismo

O ministro do Turismo Gilson Machado disse que Colbert é um prefeito diligente e que vai encontrá-lo em Brasília para tratar sobre a requalificação do Lago de Pedra do Cavalo. Ele contou que já esteve em Feira de Santana várias vezes e que a obra do Complexo Educacional embelezou a cidade.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade
 

“São de luxo as instalações, eu conheci isso aqui antes. Isso aqui estava um patrimônio degradado e agora mudou totalmente a cara, embelezou a cidade e vai ajudar as pessoas (…). Ele estará em Brasília comigo para requalificar o Lago Pedra do Cavalo e a gente vai lutar por isso porque Feira de Santana merece o melhor. Feira de Santana é uma cidade que sempre teve no escopo do governo federal e o presidente Bolsonaro disse Gilson, João, vão para a Bahia, o que o povo baiano tiver precisando, resolva, que eu assino embaixo”, declarou.

O ministro informou ainda que mais de 1,7 bilhão de reais serão usados como aporte para ajudar o setor de turismo e eventos na Bahia.

“Vamos correr atrás de mais recursos para toda a Bahia. Ontem estivemos em Porto Seguro anunciamos lá um aporte para ajudar no setor do turismo na ordem de 1,7 bilhão que foram para a Caixa Econômica, Desenbahia e Banco do Nordeste – são recursos da Fungetur para aplicação de salvamento das empresas de turismo, para fluxo de caixa, obras de requalificação, infraestrutura, tudo que uma empresa de turismo precisa. Num momento de pandemia como este em que estamos enfrentando uma segunda onda, o setor de eventos e turismo é o mais afetado. Pelo segundo ano consecutivo não teremos São João infelizmente, então, nosso governo está fazendo o que pode com nossos artistas para diminuir o sofrimento de toda a classe artística e cultura”, disse o ministro.
 

Além de médico veterinário, o ministro Gilson Machado Neto também é cantor, compositor e sanfoneiro da banda de forró Brucelose, e entende bem o momento em que está passando a classe artística neste momento.

“Já estive aqui (em Feira de Santana) várias vezes, já toquei aqui, tenho um grande amigo aqui chamado Mário Paim que é nosso empresário na Bahia e continua sendo. Infelizmente vai fazer praticamente dois anos seguidos sem São João, a gente não está tocando, mas assim que voltarmos às atividades, vamos ter uma demanda reprimida muito grande e a gente vai sim voltar a normalidade muito mais forte que antes.”
 

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade