Micareta de Feira 2023

PM avalia que mais de 200 mil foliões passaram pelo circuito da Micareta por dia

Conforme o comandante, o planejamento dos órgãos de segurança para a festa foi muito meticuloso.

24/04/2023 às 15h33, Por Laiane Cruz

Compartilhe essa notícia

eotchan_gabrielgoncalves_acordacidade (14)
Foto: Gabriel Gonçalves/Acorda Cidade

O comandante do Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL), coronel Adalberto Piton, fez uma avaliação positiva dos quatro dias de Micareta, em Feira de Santana. Pelos cálculos da PM, mais de 200 mil foliões brincaram no circuito da festa por dia.

A festa teve início oficialmente na última quinta-feira (2o) e encerrou neste domingo (23). No entanto, hoje pela manhã ainda houve um bônus pós-micareta para os foliões, denominado ‘Arrastão da Loja’, puxado pelo cantor feirense Thiago Aquino.

“Fizemos um cálculo com drone, com algoritmo, e chegamos a ter aqui um pico entre 200 a 220 mil pessoas em determinados horários e atrações. Tiveram momentos que houve oito atrações tocando ao mesmo tempo no circuito, então é um cálculo aproximado, mas acompanhando de cima do posto do comando realmente me impressionou algumas atrações terem arrastado uma massa tão grande, mais aqui do que em Salvador, porque eu estive lá e acompanhei de perto”, afirmou.

Segundo o coronel Piton, a ação integrada das forças policiais agregou para uma melhor segurança do evento.

“A avaliação é muito positiva. Nós pedimos o apoio do Batalhão de Choque, e o cão é um instrumento fantástico. Com isso conseguimos apreender drogas e inibir também a entrada de drogas no circuito. Tivemos não apenas o apoio dos cães, mas também da Cavalaria, e os cavalos apoiaram a gente nos transbordos, pois o animal percorre uma extensão muito maior, muito mais rápida. Então são modelos e processos de policiamento que agregaram na Micareta uma melhoria da segurança”, afirmou o coronel.

Conforme o comandante, o planejamento dos órgãos de segurança para a festa foi muito meticuloso.

“Temos experiência de grandes eventos, a começar pelo Carnaval da Bahia, e aqui em Feira de Santana a determinação do governador Jerônimo Rodrigues e também do secretário de segurança e do coronel Coutinho, foi que repetíssemos o sucesso do Carnaval de Salvador.”

Sobre a grande quantidade de materiais perfurocortantes apreendidos dentro do circuito da festa, mesmo com todo o aparato policial, o comandante do CPRL considerou que a prefeitura também tinha que ter feito sua parte fechando ruas que davam acesso ao circuito.

“Essa questão é interessante, porque não é só o trabalho da PM, a prefeitura também tem que fazer a parte dela de fechar as ruas de acesso. Não significa dizer que o circuito estava esterilizado, não tinha nada, mas o impacto psicológico de ter tirado do circuito mais de 100 instrumentos, não sabemos o que isso evitou de lesões corporais no circuito. Em uma festa desse tamanho sempre tem problemas, mas o importante é não ter fato grave, com perda de vidas, problemas que venham a afetar a sociedade como um todo”, declarou.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. “Festejar faz parte da natureza. Muitos dizem: Meu cachorro de estimação faz festa quando chego em casa, o papagaio canta e chama meu nome, a natureza festeja a chegada da chuva e o sertão começa a florir. A primavera é a maior festa da natureza! Realmente, a dimensão festiva, é inerente a esse universo criado por Deus.” – Itamar vian
    A micareta de feira desse ano foi ótima, uma festa quase perfeita o que faltou para ser a melhor foi a segurança não por causa de bandidos mas sim por causa da Policia Militar, todos sem exceção de nenhum, agressivos com a população. sem necessidade agredindo as pessoas, venho e pergunto, por que falam do bom da festa e não mostram também o que a segurança publica fez?
    Agredindo todos sem exceção, digo, a população favela festeja assim, pulamos, gritamos, sacudimos a avenida como nenhuma outra cidade faz.
    A população de feira de santana majoritariamente negra sendo protegida por POLICIAIS BRANCOS que ao inves de nos ajudar e nos dá segurança nos agride, oprime e nos deixa com medo. NÃO sou ladrão nem pessoa de má índole mas se eu ver um policial eu sinto medo.

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade