Menina é estuprada por usar pulseira do sexo

Uma menina de 13 anos foi violentada por três rapazes. Segundo a polícia, a motivação do crime seria o uso da "pulseira do sexo".

31/03/2010 às 18h47, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Uma menina de 13 anos foi violentada por três rapazes em Londrina, no Paraná. Segundo a polícia, a motivação do crime seria o uso da "pulseira do sexo". A adolescente foi abordada por quatro jovens na saída da escola no dia 15 de março.O udo das pulseiras determina que a menina que usa o acessório cumpra uma "prenda" caso outra pessoa arrebente sua pulseira. Cada cor diferente corresponde a um "carinho", que vai de abraço a sexo.

De acordo com o delegado William Douglas Soares, o caso chegou ao conhecimento da polícia no dia 23 deste mês, quando a mãe e a garota relataram o ocorrido. "A menina disse que foi abordada pelo grupo e um deles arrancou a dita pulseira do sexo que ela usava. Pela cor do adereço, ela teria de pagar uma prenda aos jovens. Ela ficou constrangida com o fato e acompanhou o grupo até a casa de um dos rapazes, que tem 18 anos."

O delegado informou ainda que o encontro preliminar aconteceu no terminal de transporte coletivo central de Londrina. "A vítima e os envolvidos não se conheciam. Por isso tenho a convicção de que o crime só aconteceu por causa do uso das pulseiras do sexo. Fica aqui o alerta aos educadores, pais e estudantes sobre isso."

Segundo o Jornal Hoje, os vereadores da cidade querem que a proibição das pulseiras vire lei. O assunto já foi discutido na Câmara. Alguns colégios da cidade já barraram o acessório. Em um, onde estudam 500 alunos, o diretor tomou a decisão a pedido de uma mãe. As informações são de O Dia Online.

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade