Manifestação de professor encerra sessão da Câmara

Os projetos pautados para a sessão de hoje (16) da Câmara Municipal de Feira de Santana tiveram a votação adiada para a próxima semana.

16/09/2009 16h09, Por Dilton e Feito

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Os projetos pautados para a sessão de hoje (16) da Câmara Municipal de Feira de Santana tiveram a votação adiada para a próxima semana. É que as atividades no plenário foram suspensas, por conta da manifestação dos professores em frente à Casa da Cidadania e a tentativa de uso da tribuna livre por um professor. A solicitação não foi atendida pela Mesa Diretora porque o espaço já havia sido utilizado por representantes da APLB. Além disso, o professor não trajava paletó, conforme exige o regimento.

A sessão deveria ser encerrada às 1h30, mas os trabalhos foram suspensos por volta de 10h50, por decisão do presidente Antônio Carlos Passos Ataíde (DEM). Antes disso, a tribuna livre foi cedida para que os professores Germano Barreto e Indiacira Boaventura falassem sobre a paralisação da categoria, para reivindicação da atualização do piso nacional, e o processo de enturmação na rede estadual. Os dois usaram 10 minutos, que é o tempo regimental, mesmo sem solicitação prévia.

O impasse que resultou no encerramento da sessão antes da hora foi criado pelo fato do professor Edson Espírito Santo, da rede municipal de ensino, queria usar a tribuna livre também. Ele foi informado que só poderia ter acesso ao plenário da Câmara se estivesse usando paletó, conforme determina o regimento. Além disso, o tempo disponibilizado já havia sido utilizado pelos dirigentes da APLB. O professor se recusou a deixar o local e a presidência decidiu antecipar o fim da sessão.

Com informações do repórter Ney Silva.

 

 

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade