Resultado sai dia 12

Mais de 200 jovens concorrem ao concurso Repórter Mirim do Acorda Cidade

Os vencedores serão premiados durante uma festa aberta ao público no Prime Music, na Avenida Maria Quitéria, dia 12 de outubro.

06/10/2015 08h04, Por Andrea Trindade

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Andrea Trindade

O Repórter Mirim do Acorda Cidade bateu novo recorde de inscrições e, neste ano, mais de 200 jovens entre 6 e 14 anos de idade se inscreveram no concurso, que está em sua 15ª edição.

As reportagens em áudios foram avaliadas por quatro equipes formadas por jornalistas, que julgaram os trabalhos dos inscritos por meio de cinco critérios: criatividade, tema, conteúdo, condução da entrevista e objetividade e clareza – com notas de 5 a 10.

Os três melhores colocados nas três categorias (5 a 10 anos, 11 a 14 e 14 a 17 anos) receberão uma ligação da produção do Acorda Cidade informando sobre a vitória ainda nesta semana. Os demais participantes e a população conhecerão os vencedores na segunda-feira, 12 de outubro.

As reportagens serão divulgadas no programa Acorda Cidade em uma edição especial das 6 às 9h, na Rádio Sociedade AM, 970, ou pela internet no link https://www.acordacidade.com.br/player/. Os nomes dos vencedores e os áudios das reportagens serão divulgados no portal Acorda Cidade.

Ainda no dia 12, após o programa, os vencedores serão premiados durante uma festa aberta ao público no Prime Music, na Avenida Maria Quitéria. No evento, haverá diversos serviços gratuitos e sorteios de brindes para as crianças. A entrada é um quilo de alimento.

Qualidade dos participantes

A disputa no concurso foi acirrada, uma vez que muitos inscritos se saíram muito bem em suas reportagens. Para o ex-repórter mirim Reginaldo Júnior, diretor do portal MF, as matérias inscritas no concurso tiveram temas muito criativos: “Minha avaliação é muito positiva. As crianças e os adolescentes de escolas públicas e particulares fizeram ótimas matérias com temas muito bons, trazendo assuntos que estão presentes no dia a dia da nossa sociedade, além do trabalho de pesquisa feito por eles para fazerem entrevistas com embasamento”, disse.

A jornalista Naiane Amorim se surpreendeu com a desenvoltura das crianças de 6 a 10 anos de idade. “Achei alguns temas muito curiosos e interessantes. A faixa etária de 6 a 10 anos me surpreendeu bastante e muitos já demonstram seu talento para o jornalismo. Acho que o Repórter Mirim dá oportunidade de as crianças se desenvolverem, e isso é muito bacana. Avalio a participação dos jovens de forma positiva, principalmente das crianças que têm menos idade e que por isso têm mais dificuldade em se expressar e entender o conteúdo da matéria”, afirmou.

A jornalista Beatriz Ferreira, da Notre Comunicação, informou que o desejo dos jovens participarem do concurso motiva a leitura, a pesquisa e a boa forma de expressão dos participantes. “Alguns se prepararam mais, a gente percebeu que ligaram e agendaram entrevista com especialistas e com pessoas que fazem parte do cotidiano delas. Havia entrevistas de nível muito alto. Percebemos que algumas crianças foram muito bem porque escutam rádio, souberam dividir e conduzir bem a entrevista”, observou.
 

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade