Lula não vem

Quem vai fazer a entrega das 640 casas no bairro Conceição é o governador Jaques Wagner.

30/03/2010 às 08h57, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

 Foto: Divulgação

Ao contrário do que muita gente esperava, o presidente Lula e a ministra Dilma Roussef não virão a Feira de Santana amanhã (31), para entrega das primeiras unidades residenciais do programa Minha Casa, Minha Vida. Certamente por problemas de agenda. Quem vai fazer a entrega das 640 casas no bairro Conceição é o governador Jaques Wagner. 

Relação promíscua

Foto: Divulgação

Para o vereador Roberto Tourinho (foto), os empresários do transporte coletivo vão usar a incorporação de 10 ônibus novos à frota para justificar novo aumento de tarifa. “A população pode se preparar”, avisou o vereador, que voltou a questionar o valor da tarifa cobrada em Feira de Santana. “A tarifa é alta e a qualidade do serviço é ruim”, disse Tourinho, que mais uma vez denunciou a existência de uma “relação promíscua” entre os empresários do setor e o poder público municipal.

Viaturas e violência

Foto: Divulgação

Ao falar sobre os eventos de domingo passado em prol da paz, o vereador Carlos Alberto Costa da Rocha, o Frei Cal, (foto) voltou a defender políticas mais efetivas de prevenção e combate à violência em Feira de Santana. O vereador criticou o líder do governo municipal, Ewerton Carneiro, que segundo ele atribui os índices de violência na cidade à falta de viaturas. “Somente viatura não resolve o problema da violência”, disse Frei Cal, apesar de reconhecer que as polícias precisam de estrutura, materiais e equipamentos para uma boa atuação.

Zerinho na praça

Pela primeira vez a escolha do rei e da rainha do bloco Zerinho será em praça pública. A festa será no próximo domingo, a partir das 15 horas, na Praça de Alimentação da avenida Getúlio Vargas. Para animar a garotada, a Turma do Albertão e o dançarino Luciano Melo. O bloco infantil comemora este ano 19 anos de avenida na Micareta de Feira. Desta vez com Rapazola.

Mais crédito

Foto: Andréa Trindade/AC

Empréstimo consignado tem que ser um serviço com seriedade, para ter credibilidade”. A afirmação é do empresário Gilberto Silva, da Pataíba Seguros, empresa criada em São Paulo em 1996 e que hoje em vários municípios da Bahia, dentre os quais Feira de Santana,Serrinha, Ribeira do Pombal e Jeremoabo. Na manhã desta terça-feira (30) ele esteve no Acorda Cidade e falou do aumento de10% da margem de consignação do servidor público municipal para empréstimos no cartão de crédito da categoria. A Pataíba Seguros agora vai atuar também no mercado de Salvador.

SAMU na Micareta

Foto: Secom

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) vai trabalhar com um número maior de ambulâncias e profissionais de saúde durante a Micareta, para conseguir atender aos que vão participar da festa e ao mesmo manter a assistência à Feira de Santana como um todo, que vai estar com um maior contingente de pessoas. No total, seis ambulâncias serão utilizadas para dar suporte à cidade e duas vão estar no circuito da festa; uma em cada um dos dois postos provisórios de saúde que serão montados na rua Adenil Falcão e na rua Vasco Filho, ambos próximos da avenida Presidente Dutra, circuito principal da festa. (Secom).

Os buracos da Embasa

Foto: Secom

Obras executadas por empreiteiras contratadas pela Embasa, para implantação da rede de esgotamento sanitário, estão danificando a pavimentação de ruas em vários bairros de Feira de Santana. A baixa qualidade dos serviços de recuperação da pavimentação, tanto asfáltica quanto a paralelepípedo, já notificada à estatal e também às construtoras, vem resultando em transtornos à população e prejuízos ao Município.Desde o ano passado, o Governo Municipal vem mantendo seguidas reuniões com dirigentes da Embasa e das construtoras visando garantir a manutenção das vias públicas onde foram executadas as obras. Todos os entendimentos para evitar a suspensão das obras, mesmo diante das constantes reclamações de populares, indignados com os transtornos provocados pelos danos deixados nas vias públicas, vêm sendo em vão.A situação é crítica em diversos bairros da cidade, onde a insatisfação das comunidades reflete o descaso com a qualidade dos serviços públicos ofertados na execução das obras. (Secom).
 

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade