Feira de Santana

Jovem que teve corpo queimado ao utilizar álcool para cozinhar pede ajuda para realizar cirurgia

Ela trabalhava como babá e informou também que desde o acidente está com algumas limitações motoras.

07/06/2022 17h08, Por Rachel Pinto

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

No dia 5 de fevereiro de 2022, a jovem Carolaine Santos Chaves de 23 anos, moradora do bairro Santo Antônio dos Prazeres em Feira de Santana sofreu um grave acidente ao utilizar álcool para cozinhar. Ela teve queimaduras de segundo e terceiro grau nos braços, pescoço e tórax e ficou durante um mês e meio internada no Hospital Geral do Estado (HGE). Depois de passar por vários tratamentos ela fez uma cirurgia para preparar o corpo para enxertos e agora pede ajuda para realizar um novo procedimento que é feito de forma particular e custa 5 mil reais.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Ela contou ao Acorda Cidade como tudo aconteceu, cada etapa de sua recuperação e as principais dificuldades enfrentadas.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“No dia do acidente o gás acabou e eu estava pela manhã fazendo comida na churrasqueira. Aí eu joguei o álcool só que eu pensei que o fogo estava apagado, mas não estava apagado e aí o vapor veio todo em cima de mim. Vi que eu estava pegando fogo eu corri para o banheiro. Liguei o chuveiro para poder apagá-lo. Aí a vizinha veio correndo , tirou meu filho e a menina que eu olhava em casa para poder apagar o fogo. Chamou outro vizinho para poder me levar para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e lá eu fiquei um dia e depois fui transferida para o HGE onde fiquei internada durante um mês e meio”, relatou.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Carolaine que trabalhava como babá , informou também que desde o acidente está com algumas limitações motoras e precisa de ajuda para fazer atividades simples do dia a dia como tomar banho, se vestir e pentear o cabelo. Os braços foram bastante atingidos e ela sente muitas dores.

Foto: Arquivo Pessoal

A primeira cirurgia não conseguiu fazer através do Serviço Único de Saúde (SUS), pois só é realizada gratuitamente fora do estado. Através de campanha e divulgação do seu caso nas redes sociais conseguiu arrecadar o valor de 5 mil e fez o procedimento na Casa de Saúde Santana. No entanto, Carolaine precisa fazer agora o procedimento de enxerto especial que também não é realizado na cidade e custa também o valor de 5 mil reais. Ela não dispõe de recursos financeiros e pede novamente ajuda da população para realizá-lo.

“A primeira cirurgia foi particular e paguei 5 mil reais que consegui arrecadar através de campanhas. Foi para preparar o braço para o enxerto, que o braço tinha ficado oco. O médico tirou carne das pernas para poder colocar no lugar. A segunda cirurgia será para enxertar o braço. Vai colocar um enxerto especial que custa 5 mil reais e também é feita na Casa de Saúde Santana. Estou buscando ajuda para a cirurgia e também para a compra dos medicamentos e de uma malha que eu vou vestir r vai funcionar como uma segunda pele”, explicou.

Quem desejar ajudar a jovem o telefone para contato é (71) 9 -97328195 e o PIX 03047337500.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. Nelma disse:

    Meu DEUS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade