Inquérito sobre Enem já está aberto na PF, diz Haddad

Investigação será comandada por superintendência de SP e que exposição de fraudadores pode acelerar processo

01/10/2009 12h56, Por Dilton e Feito

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Inquérito na Polícia Federal para investigação do vazamento de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já está aberto, segundo o ministro da educação, Fernando Haddad. Ele explica que o processo será capitaneado pela superintendência de São Paulo onde ocorreu encontro entre os fraudadores e a jornalista do “Estado de São Paulo”, que fez a denúncia.

Haddad fez um apelo para quem teve contato com os responsáveis pelo vazamento trazer informações que possam ajudar a esclarecer a situação o mais rápido possível. Na opinião dele, os autores do delito se expuseram de uma forma que pode se chegar a eles com certa rapidez. “Se localizadas, com apoio da sociedade, saberemos em que etapa do processo houve a corrupção”, completa.

Nesta quinta-feira (1º) deve ser avaliado junto ao consórcio se eles ficarão responsáveis pela impressão das novas provas. No entanto, se for descoberta fraude por alguém de dentro do consórcio, será necessário pensar em uma estratégia, pois na licitação não há segundo colocado, sendo este o único a apresentar proposta para impressão do exame.

Haddad detalha que os custos da impressão não estão entre os mais altos do processo. O mais caro é o aluguel dos locais de aplicação do exame e o gasto com fiscais.

Fonte: Abril

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade