Guarda Municipal passa a dar segurança às equipes do SAMU

A decisão foi tomada após o episódio envolvendo uma ambulância do Samu que foi apedrejada na noite do domingo.

13/10/2009 08h21, Por Dilton e Feito

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

A Guarda Municipal vai passar a dar segurança às equipes de profissionais de saúde lotadas no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) durante atendimento externo no período da noite em Feira de Santana. A decisão foi tomada pelo prefeito Tarcízio Pimenta, na manhã de ontem (12), ao se inteirar detalhadamente sobre o episódio envolvendo uma ambulância do Samu, de placa JRE-7013, alvo de apedrejamento praticado na noite do domingo (11).

O fato aconteceu por volta as 22h30, no bairro Conceição II, para onde a ambulância foi deslocada com uma equipe de profissionais visando atender a um chamado dando conta de que um homem teria sido vítima de espancamento praticado por um grupo de desconhecidos. A ambulância foi atingida por uma enorme pedra na traseira do veículo, quebrando a vidraça de uma das portas da unidade móvel. De acordo com o chefe de Transporte do Samu, Perivaldo da Silva, um homem teria arremessado a pedra quando a vítima recebia assistência média.

A pedra não atingiu ninguém, mas causou um clima de medo entre os profissionais de saúde. Uma guarnição da Polícia Militar, que havia sido acionada, deixou o local antes que a equipe médica concluísse o atendimento ao paciente, no bairro, como é de praxe. Devido ao clima de insegurança, a ambulância deixou o local imediatamente, levando o paciente para o Hospital Geral Clériston Andrade, onde foi complementado o atendimento.

“São atos de puro vandalismo e nós não podemos aceitar tais coisas. Essa não é a primeira vez que uma ambulância do Samu é alvo de apedrejamento e, por isso, a Guarda Municipal passará a dar segurança às ambulâncias no período da noite, visando garantir a integridade dos profissionais de saúde e dos veículos, que são, na verdade, um em público”, assegurou o prefeito.

Tarcízio Pimenta manteve, nesta segunda-feira, os primeiros contatos com o comando da Guarda Municipal a fim de elaborar um esquema operacional com os plantões diários, acompanhando as ambulâncias nas saídas da unidade para atendimento externo, principalmente em bairro da periferia. Segundo o chefe de Transporte, Perivaldo da Silva, a primeira ocorrência envolvendo uma ambulância do Samu aconteceu há dois anos.

Informações da Secom/PMFS

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade