Carnaval

Governo da Bahia distribui 1 milhão de preservativos e disponibiliza internet gratuita em Salvador

O funcionamento dos postos será até o último dia de carnaval, iniciando sempre às 16 horas.

01/03/2019 16h11, Por Rachel Pinto

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Acorda Cidade

Uma ação inédita promovida pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) vai facilitar que o folião encontre aquele contatinho durante o carnaval. Quem retirar preservativos nos locais de distribuição poderá ter acesso a uma rede sem fio de alta velocidade. Instalados na Avenida Centenário, na Barra, e na Avenida Adhemar de Barros, em Ondina, os postos fixos disponibilizarão internet sem fio de alta velocidade. Além destes pontos, haverá promotores nas ruas e avenidas dos circuitos, que utilizarão uma mochila que compartilha Wi-fi gratuitamente

Com velocidade cerca de 10x maior que a atual rede 4G, a mochila compartilha a conexão com até 300 usuários, com um alcance de 50 metros de raio. Os usuários acessam a rede, fornecem seus dados básicos e já estão usufruindo da internet de alta velocidade. Cada mochila tem autonomia de 5 horas e pode ser recarregada na rede elétrica.

De acordo com a coordenadora do Programa Estadual de IST/Aids, Maria Aparecida Figueiredo, testes rápidos para detecção de HIV, sífilis e hepatites virais serão realizados nos dois postos instalados na Barra e em Ondina. "Além dos testes, faremos aconselhamento e encaminhamento para tratamento no caso de testes positivos", afirma. A equipe que atuará nessa ação é formada por assistente social, enfermeiras, farmacêuticos, psicólogos, médicos, biomédicos, sanitaristas, motoristas e assistente administrativo, totalizando 60 profissionais. O funcionamento dos postos será até o último dia de carnaval, iniciando sempre às 16 horas.

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, destaca que mesmo com o avanço no tratamento da Aids, é necessário que todos fiquem atentos para a prevenção e façam exames regularmente para evitar a transmissão para seus parceiros. “Acreditamos que essa é uma ação fundamental no carnaval para chamar a atenção de todos para que tenham relações de forma segura”, afirma Vilas-Boas.

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade