Feira de Santana

FSA Esporte Clube pode se tornar mais um time profissional em Feira de Santana

Atualmente, o município de Feira de Santana conta com dois clubes profissionais, como o Bahia de Feira que está disputando a Série A do Campeonato Baiano e o Fluminense de Feira, que foi rebaixado para a Série B em 2021.

13/03/2022 14h30, Por Gabriel Gonçalves

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Gabriel Gonçalves

Um projeto social iniciado há 8 anos em parceria com a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), pode transformar o grupo FSA Esporte Clube, em um time profissional.

Ao Acorda Cidade, o dirigente do projeto e também médico, Harley Ramos, informou que antes, o projeto tinha como atividade o futebol, mas hoje, já contempla outras modalidades do esporte, como a Capoeira, Jiu-Jitsu e até mesmo, futebol para deficientes visuais.

"O FSA Esporte Clube é um projeto que teve início há 8 anos, que nasceu da união de quatro grande amigos, como eu, o professor Jardeson Barbosa, Eudes Bacelar e Dr. José Adson. Nós que sempre fomos muito próximos do futebol, decidimos desenvolver um trabalho com as crianças e adolescentes, a partir do Sub-9, Sub-11, Sub-13, Sub-15 e Sub-17. Até então, nós estávamos desenvolvendo esse trabalho com o apoio da Uefs através do professor Jaderson e consequentemente, estamos também com projetos sociais da capoeira, jiu-jitsu, futebol de cinco, que é o futebol para deficientes visuais, inclusive o único clube que disputa esse campeonato, é o FSA Esporte Clube, que é comandado pelo professor Sérgio Chappo e ao longo desse período, decidimos amadurecer a ideia em transformar em um clube", explicou.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

De acordo com o Harley Ramos, a ideia da transformação também surgiu com base nos resultados que foram aparecendo dentro do próprio projeto, como evolução de jovens que se destacaram em outros times e que atualmente jogam fora do Brasil, mas que teve como base, o FSA Esporte Clube.

"Durante esses 8 anos que temos, nós conseguimos colocar atletas através dos trabalhos sociais em grandes clubes do Brasil, inclusive, o mais recente saiu do Fluminense do Rio e foi jogar nos Emirados Árabes, é o Jonatas, mas ele saiu da base do FSA. Além disso, temos outros professores que também participaram do nosso projeto e hoje estão em grandes clubes. Quando a gente profissionaliza um clube, junto à Federação Baiana de Futebol, temos um período pré-determinado que temos para disputar um campeonato e dentro das nossas conversas que já estamos tendo, é que ainda neste ano, possamos estar disputando o campeonato Sub-15, Sub-17", disse.

Atualmente, o município de Feira de Santana conta com dois clubes profissionais, como o Bahia de Feira que está disputando a Série A do Campeonato Baiano e o Fluminense de Feira, que foi rebaixado para a Série B em 2021.

Além desses clubes, a cidade Princesa do Sertão também teve a participação do Astro, Feirense, Independente e o Palmeiras/NE.

Com o foco nas divisões de base, o dirigente salientou que não descarta a possibilidade do clube começar a participar das competições, e enfatizou os grandes desafios.

"A nossa intenção neste momento é disputar o Campeonato Sub-15 e Sub-17, mas que a partir do ano que vem, novas conversas serão feitas junto com a Confederação e estamos torcendo para que o Campeonato Baiano possa crescer. A gente sabe que neste ano teremos mudanças, vai ser um campeonato mais disputado, temos vários times que estavam adormecidos mas que estão voltando com força e é um grande desafio fazer isso. Feira de Santana é uma cidade que tem a tradição do futebol. O Fluminense sempre foi muito falado, independente da posição que ele esteja agora, mas para onde for e alguém que goste de futebol e pergunte de onde é aquela pessoa, ao responder Feira de Santana, o Fluminense sempre será lembrado. Ao longo desse período o Bahia de Feira também mostrou grande destaque e o professor Jodilton muitas vezes desacreditado apostou e deu certo. É uma equipe grande e com relação a estrutura, o clube daqui de Feira, se iguala ao Bahia e ao Vitória", afirmou.

Ainda segundo o dirigente, todo o elenco do clube treina na Arena FSA, localizado no Ville Gourmet, Avenida João Durval.

"A gente tem um Centro de Treinamento lá no Ville Gourmet que é na Arena FSA, onde realizamos principalmente o treino da parte técnica e tática, temos uma parceria também com o Sesi, então os atletas treinam na Arena e também treinam no Sesi, além de outros campos espalhados pela cidade", concluiu.

 

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

 

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade