Cinema

Filme de Feira de Santana é o vencedor da categoria Infantojuvenil em festival de cinema

Mais de 300 filmes se inscreveram para participar do Festival, que além dos 33 selecionados para as mostras competitivas.

11/04/2022 10h21, Por Laiane Cruz

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Acorda Cidade

O curta ficção Entre Muros, dirigido por Gleison Mota, de Feira de Santana, na Bahia, foi o vencedor da categoria Infantojuvenil, escolhido pelo público no 1º Festival de Cinema Curta Jacarehy. A produção recebeu o troféu Panvision. Na categoria curtas, o documentário Tupinambás – Vozes da Caminhada, de Rodrigo Brucoli, da cidade Olivença e Ilhéus/BA, levou a menção honrosa, enquanto a ficção Na Estrada Sem Fim Há Lampejos de Esplendor, de Liv Costa e Sunny Maia, de Jaguaretama/CE, ficou com o prêmio especial do júri. Já o melhor curta-metragem eleito pelo júri popular foi o experimental O Ciclope, de Guilherme Cenzi e Pedro Achilles, de Jacareí/SP.

As produções disputaram com 33 filmes que foram selecionados para o 1º Festival de Cinema de Jacareí, cidade localizada no Vale do Paraíba, em São Paulo, que foi realizado de 06 a 09 de abril.

Após dois anos fazendo eventos on-line, o Curta Jacarehy foi o primeiro festival presencial que a Associação Cultural Panvision realizou, depois do início da pandemia. Por isso, a emoção foi grande durante a cerimônia de encerramento, que teve a Sala Mário Lago como cenário. Conduzida pela diretora de comunicação da Panvision, Alissa Azambuja, ao lado do diretor executivo, Tiago Santos, e da diretora de programação, Marilha Naccari, a cerimônia recebeu diversos convidados no palco.

O Festival também prestou uma homenagem ao Cineclube de Jacareí como forma de respeito a quem já trabalha com cinema há tanto tempo. Ao receber a homenagem, o representante do Cineclube, Tom da Farmácia, afirmou: "vocês chegaram em um bom momento, de comemoração do aniversário da cidade, e espero que voltem sempre".

Em seguida, o prefeito, Izaias Santana, reforçou que assistiu a todas as sessões e ficou muito tocado com as temáticas dos filmes. “É bom ver Jacareí no cenário audiovisual e cinematográfico da sétima arte. Se depender de mim, será assim pelos próximos anos também”. Cleo Andrade, assessor de comunicação da Wana Química, patrocinadora do festival, também subiu ao palco, agradeceu e destacou: “a cultura já faz parte da nossa empresa, mas este Festival com certeza nos marcou! Esperamos poder apoiar em mais edições”.

O presidente da Fundação Cultural de Jacarehy, Guilherme Mendicelli, sempre presente em todas as atividades realizadas na semana de comemoração dos 370 anos da cidade, da qual o Festival também fez parte, disse que a sensação é de missão cumprida. “Muito bom ver as conexões que aconteceram. Acredito que já podemos pensar na edição de 2023”.

Mais de 300 filmes se inscreveram para participar do Festival, que além dos 33 selecionados para as mostras competitivas, encerrou com a exibição do longa convidado A Felicidade das Coisas, de Thais Fujinaga, de São Paulo, com a presença da atriz mirim protagonista do filme, Lavinia Castelari totalizando 34 produções que foram exibidos em diferentes locais da cidade, entre eles a Sala Mário Lago, escolas públicas e no bairro Pagador de Andrade.

Mais de duas mil pessoas, entre público das sessões, apresentações musicais, participantes das palestras e das oficinas, passaram pelo Festival que contou com mais de 20 horas de atividades de formação. Todas as atividades realizadas pelo Festival Curta Jacarehy seguiram o decreto municipal 402 de 09/03/2022.

O melhor filme eleito pelo Júri Popular recebe o troféu Panvision. A melhor produção eleita pelo Júri Oficial nas categorias Curta-metragem e Infantojuvenil, além do troféu, recebe prêmios que ultrapassam R$25 mil em produtos e serviços das empresas DOT, Link Digital, Mistika e Naymovie, parceiras da Panvision. E a plataforma de cursos Navega dá aos vencedores de todas as categorias cursos on-line.

A segunda edição do Festival Curta Jacarehy já tem data marcada e será de 5 a 8 de abril de 2023.

O Festival Curta Jacarehy é produzido através da Lei de Incentivo à Cultura, tem como hotel oficial o Ibis Jacareí, parceria da DOT, Link Digital, Mistika, Navega, Naymovie, Pontos MIS, Programa Oficinas Culturais da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo de São Paulo e Vale Audiovisual – Rede de Desenvolvimento do Audiovisual do Vale do Paraíba Paulista. Apoio institucional do Sebrae-SP e patrocínio da Wana Química. É uma correalização da Fundação Cultural de Jacarehy, Prefeitura Municipal de Jacareí e realização Associação Cultural Panvision, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo, Pátria Amada Brasil, Governo Federal.

Associação Cultural Panvision

A Associação Cultural Panvision, realizadora há 26 anos de um dos principais festivais mundiais dedicados ao cinema latino-americano, o Florianópolis Audiovisual Mercosul – FAM, em 2022 organiza também as primeiras edições de dois novos festivais brasileiros, o Curta Jacarehy (de 06 a 09 de abril), em Jacareí, São Paulo, e o FALA São Chico (de 25 a 28 de maio), em São Francisco do Sul, Santa Catarina. Em breve abrirá inscrições para o FAM que será realizado de 22 a 28 de setembro.

Confira a lista completa dos ganhadores do 1º Festival Curta Jacarehy.

MOSTRA INFANTOJUVENIL

Melhor Filme Infantojuvenil Júri Popular

Troféu Panvision e Curso Navega.

Entre Muros, Gleison Mota|Feira de Santana/BA | Ficção | 15 min

Melhor Filme Infantojuvenil Júri Oficial

Troféu Panvision, Link Digital (deliveris), Naymovie (aluguel de equipamentos e maquinaria) e Curso Navega.

Por Dentro das Árvores, Francisco de Paula |Santos/SP | Animação | 4 min

MOSTRA CURTA

Menção Honrosa

Tupinambás – Vozes da Caminhada, Rodrigo Brucoli |Olivença e Ilhéus/BA| Documentário | 15 min

Prêmio Especial do Júri

Na Estrada Sem Fim Há Lampejos de Esplendor, Liv Costa e Sunny Maia | Jaguaretama/CE | Ficção | 11 min

Melhor Curta-metragem Júri Popular

Troféu Panvision e Curso Navega

O Ciclope, Guilherme Cenzi e Pedro Achilles| Jacareí/SP | Experimental | 9 min

Melhor Curta-metragem Júri Oficial

Prêmio Mistika (deliveries), DOT (correção de cor), Naymovie (aluguel de equipamentos e maquinaria) e Curso Navega.

O Pato, Antonio Galdino | Alagoa Grande/PB | Ficção | 11’

   

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade