Brasil

Fies 2022.1: MEC prorroga prazo para a convocação da lista de espera

Pré-selecionados precisam complementar informações.

05/05/2022 16h48, Por Gabriel Gonçalves

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Agência Educa Mais Brasil

O prazo para as convocações da lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) referente ao primeiro semestre de 2022, que terminaria ontem (04), foi prorrogado para 26 de maio. Segundo o Ministério da Educação (MEC), o adiamento ocorreu porque, nesta edição, não haverá oferta de vagas remanescentes.

Os pré-selecionados devem complementar a inscrição para a contratação do financiamento no prazo de três dias úteis, a contar a partir da divulgação da lista no site do Fies. Após essa etapa, o estudante terá até cinco dias úteis para validar a documentação na instituição de ensino, por meio da Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). Com os documentos validados, o prazo para que os candidatos procurem o banco parceiro do Fies para assinatura do contrato é de 10 dias.

Os candidatos que ainda não foram pré-selecionados devem acompanhar pelo site fiesselecaoaluno.mec.gov.br a possível convocação.

O Fies 2022 do primeiro semestre ofereceu 66.555 vagas com financiamento a juros zero. Para o segundo semestre serão oferecidas mais 45.445 vagas, totalizando a previsão de 110.100 para o ano.

Podem participar do Fies os estudantes que participaram de alguma edição do Enem entre 2010 e 2021, com média de pelo menos 450 pontos e nota acima de zero na redação. Além disso, é preciso comprovar renda familiar mensal de até três salários-mínimos por pessoa.

 

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade