Feira de Santana

Secretário prevê melhoria do transporte após subsídio e reforça fiscalização às vans do alternativo

Secretário diz que subsídio está sendo estudado pelo governo federal para o transporte público em todo o país.

29/07/2022 12h59, Por Laiane Cruz

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Foto: Divulgação/Secom

Em virtude das constantes reclamações acerca do transporte coletivo em Feira de Santana, o secretário municipal de Transportes e Trânsito, Saulo Figueiredo, comentou nesta sexta-feira (29), em entrevista ao Acorda Cidade, sobre a crise que o setor vem enfrentando em todo o país, com o aumento dos combustíveis e o reajuste salarial para os rodoviários.

De acordo com ele, todas essas questões colaboram para o aumento do custo da operação. As dificuldades também alcançam os trabalhadores do transporte complementar e alternativo. E a secretaria tem buscado fazer os ajustes necessários para manter o serviço à população.

“Estamos passando por um momento de crise e o transporte alternativo também tem passado por esse momento de dificuldade. Houve um aumento do combustível, aumento de salário como houve agora para os rodoviários, é natural que você tenha um custo maior na operação, então a Secretaria tem conversado muito com todos os operadores do transporte para fazer os ajustes na operação, para que não pare e a população não fique sem o serviço. Temos em alguns distritos, tanto ônibus como também vans do transporte complementar e alternativo”, afirmou.

Ele destacou que como forma de solucionar essa situação uma espécie de subsídio para o transporte público está sendo formatado no Ministério do Desenvolvimento Regional. “Tivemos reuniões essa semana por meio digital, para discutir a forma de distribuição desses recursos. São R$ 2,5 bilhões para seis meses, e o que nós estamos propondo com o nosso prefeito é que a partir desses recursos, tenhamos a possibilidade de fazer um aumento de frota.”

Reclamações sobre as vans

O secretário respondeu ainda algumas reclamações sobre o serviço prestado por algumas vans do transporte alternativo e complementar no município.

Usuários têm observado que algumas vans têm circulado para os distritos com a placa do veículo coberta. De acordo com Saulo Figueiredo, a prática se constituição crime e deverá ser penalizada. “Tive notícia que a semana passada a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez a apreensão de um desses carros. Nossa secretaria está atenta, e sendo flagrado tomaremos as medidas cabíveis”, alertou.

Outra queixa da população é com relação à aglomeração de vans em um ponto próximo à Câmara de Vereadores, na Visconde do Rio Branco, o que tem atrapalhado o trânsito no local e a passagem dos pedestres.

“Nós temos feito as notificações, e tem havido uma verdadeira romaria à secretaria sobre as multas. Em relação a apreensão, temos algumas limitações de ordem jurídica. Salvador, através do Tribunal de Justiça (TJ), conseguiu dirimir isso, e nossa procuradoria está buscando essa questão para que a gente possa fazer as apreensões”, concluiu.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. dilma disse:

    O que está acontecendo com o transporte publico de Feira de Santana é bem vergonhoso , ônibus sempre super lotados uma falta de respeito com a população que sofre tanto ainda tem que utilizar ônibus lotado

    1. laion disse:

      SÓ TEM BLA,BLA,BLA !!!!!!!! VAI CONTINUAR ENGANANDO A POPULAÇÃO COM CONVERSINHAS , E NÃO VAI FAZER ABSOLUTAMENTE NADA! VOI FICAR PIOR SEMPRE……

  2. Iracema Brasileiro disse:

    Falta de respeito com os usuários das vans do transporte alternativo que faz linha para o Distrito de Maria Quitéria, não ficam no ponto, não fazem os horários corretos, rodam até a hora que querem, ficam na frente da Camara e os passageiros que se virem
    Um absurdo e a Secretária faz vista grossa.

  3. Joilson Oliveira disse:

    Sempre o mais do mesmo.
    Faz tempo que Feira de Santana sofre com a qualidade do transporte coletivo, mas as desculpas sempre estão na ponta da língua. Agora é mais aceitável e confortável dizer que a situação é nacional, que é por isso ou por aquilo. Há muito que Feira de Santana pena com a péssima qualidade de seu transporte público. Todos na cidade sabem de quem é a culpa. O jogo de interesses, de favorecimento e da própria incompetência da pasta em não assumir suas responsabilidades fazem do transporte público em Feira ser essa antologia de fracassos.
    Feira de Santana não merece a incompetência e o cinismo vigentes.
    Feira de Santana precisa de respeito e dignidade.

  4. Laion disse:

    ESSE SECRETÁRIO NUNCA PEGOU UM TRANSPORTE COLETIVO PARA SABER AS DIFICULDADES DA POPULAÇÃO FEIRENSE, NEM DEVE CONHECER BAIRRO NENHUM, A EXEMPLO A LINHA 72 SANTA QUITERIA ATE O CONDÔMÍNIO PARQUE IPÊ ROXO E AMARELO NO BAIRRO DO PAPAGAIO E DA 124 ADELBA BAIRRO PARQUE IPÊ E PARQUE IPÊ ROXO E AMARELO SÓ HUMILHAÇÃO DIA E NOITE SEMPRE SUPER LOTADOS CHEGA A ENTRAR ATE QUASE 200 PESSOAS NO ÔNIBUS, TODOS SUJOS, CADEIRAS E VIDROS QUEBRADOS FORA QUE ELES QUEBRAM CONSTANTIMENTE DEIXANDO OS PASSAGEIROS ESPERANDO UBER NEM COLOCAM OUTRO A DISPOSIÇÃO, ANDAM A MENOS DE 20 KILOMETROS POR HORA PARA PIRRAÇAR A POPULAÇÃO E NÃO TER QUE PAGAR UMA SÓ PASSAGEM NO TEMPO DE 1 HORA CORRIDA,POIS, SEMPRE PASSAM DE UMA HORA E MEIA NO TRAJETO. ESSE SECRETÁRIO TA SEMPRE DE DEBOCHE COM A POPULAÇÃO.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade