Feira de Santana

Quadrilha junina do Candeal II resgata tradição do Nordeste; grupo participará de concurso no mês de julho

Ao todo, 38 integrantes fazem parte da quadrilha junina do Candeal II e pela primeira vez, desde que o grupo retornou às atividades em 2022, vão disputar um concurso de quadrilhas.

14/06/2024 às 18h57, Por Maylla Nunes

Compartilhe essa notícia

Quadrilha junina
Foto: Arquivo Pessoal

Com o objetivo de ressaltar a cultura local, a comunidade de Candeal II, distrito da Matinha em Feira de Santana, recebeu uma linda apresentação da quadrilha junina, na última quinta-feira (12).

O evento aconteceu na Escola Municipal Edelvira de Oliveira e contou com muita animação e dança, resgatando as tradições do São João, como forma de incentivar os jovens também à educação. A Arte Educadora Tatiane Alves fez alguns registros da apresentação do grupo e conversou com o Acorda Cidade sobre a importância da implantação de projetos que valorizam a comunidade.

“Candeal II é uma comunidade quilombola do distrito da Matinha e nela se destacam os jovens por perpetuar as tradições locais, como a quadrilha junina, valorizando a terra e a agricultura. Paralelo a manutenção das tradições, eles aprendem que o acesso à educação é um passo crucial enquanto reparação histórica e em razão disto, o acesso às universidades tem sido cada vez mais frequente. A comunidade é engajada em projetos que buscam a visibilidade deste território marcado historicamente pelo período de escravização e de disputas de terras”, disse.

Quadrilha junina
Foto: Arquivo Pessoal

Ao todo, 38 integrantes fazem parte da quadrilha junina do Candeal II e pela primeira vez, desde que o grupo retornou às atividades em 2022, vão disputar um concurso de quadrilhas no próximo mês. A professora Tatiane Alves também conversou com o responsável da quadrilha, o professor Fernando, que destacou a empolgação e a responsabilidade ao coordenar um grupo como este.

“É trabalhoso mas é compensador. A gente sabe como está o mundo hoje, muitos jovens estão se perdendo e eu acredito que através da quadrilha há uma preservação da nossa cultura no incentivo ao brincar e ao dançar. Vamos participar do nosso primeiro concurso de quadrilha no dia 1º de julho em Coração de Maria”, relatou Fernando.

Com informações da jornalista Iasmim Santos do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade