Feira de Santana

Prefeitura autoriza 4 empresas a apresentarem projetos para Zona Azul em Feira em um prazo de 90 dias

Em entrevista ao Acorda Cidade, o secretário municipal de Planejamento, Carlos Brito, deixou claro que a prefeitura não terá nenhum custo com a elaboração dos projetos.

05/10/2022 às 16h52, Por Laiane Cruz

Compartilhe essa notícia

Foto: Acorda Cidade

A prefeitura de Feira de Santana publicou um decreto, na manhã desta quarta-feira (5), no Diário Oficial do Município, autorizando a quatro empresas que participaram do chamamento público em maio deste ano a darem início à elaboração dos seus projetos para implantação da Zona Azul.

De acordo com a publicação, as empresas Rotativo Nova Lima Estacionamento LTDA, o Grupo Volar Engenharia-Aet-Costódio Rodrigues Advocacia, Grupo Kappex Assessoria e Participações E Rizzo Parking and Mobility S/A têm um prazo de 90 dias contados a partir de hoje para efetuarem os estudos de modelagem técnico e operacional, econômico-financeira e jurídica para elaboração de projetos, levantamentos, investigações e estudos para implantação, exploração, operação, manutenção e gerenciamento do sistema de estacionamento rotativo pago de veículos em logradouros públicos e áreas pertencentes ao município de Feira de Santana, na modalidade de concessão comum.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o secretário municipal de Planejamento, Carlos Brito, deixou claro que a prefeitura não terá nenhum custo com a elaboração dos projetos.

Além disso, há uma cláusula no chamamento público que estabelece que a empresa ganhadora da licitação pública para execução do projeto deverá ressarcir a empresa responsável pela elaboração do projeto que foi escolhido, caso esta última não vença o certame.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

“Em um processo de Parceria Público-Privada se faz um chamamento para que as pessoas apresentem projetos para explorar um determinado serviço. E hoje foi publicado um decreto autorizativo para as empresas que se habilitaram no chamamento apresentem dentro de 90 dias os seus projetos para implantação da Zona Azul. Esses projetos serão avaliados por uma comissão técnica, provavelmente será uma avaliação realizada por uma consultoria externa. A Caixa Econômica será responsável por esta avaliação de todos esses projetos e vai recomendar a aprovação de um deles. Esse projeto aprovado será licitado, dentro de uma licitação comum e normal. Se a empresa que fez o projeto não ganhar a licitação, a empresa vencedora vai pagar o projeto elaborado pela empresa que teve o privilégio de ter o projeto escolhido como melhor”, explicou o secretário

Ele ressaltou que somente um projeto dentro os quatro que serão apresentados dentro do prazo de 90 dias será escolhido.

“Sendo escolhido um, vai licitar, e se ganhar a licitação, não tem ressarcimento. Se não ganhar, a empresa que ganhar pagará o custo do projeto, que é uma das prerrogativas do chamamento, de que apresentem as notas fiscais de tudo que se gastou para elaborar o projeto, que tem que ser aprovado pelo comitê gestor de PPP. Quando eles fazem a proposta, eles estipulam o valor. São quatro empresas que estão concorrendo, que já tem know-how e vão ter que fazer dentro de 90 dias a partir de hoje, mas poderão apresentar antes. O projeto será avaliado e dentro os quatro será escolhido um. Essa é a mecânica e não entra recursos do município para fazer o projeto”, esclareceu.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Sempre falei que feira deveria já ter zona azul pra acabar com as vagas seletivas de comerciantes que chegam as 07:20 hs ou menos ocupa a vaga e só sai a noite. Nós que vamos ao comércio comprar algo rapidinho somos obrigados a pagar estacionamento. Absurdo. Parabéns ao prefeito Colbert pela iniciativa.

Mais Notícias

Empresário perde dois pneus ao passar em buraco na BR-324 e reclama de condições da rodovia pedagiada

Bahia

Empresário estoura dois pneus ao passar em buraco na BR-324 e reclama de condições da rodovia pedagiada

Além da BR-324, o motorista também mencionou problemas na BR-116 Sul, que enfrenta buracos em vários trechos.

24/05/2024 às 07h52

Pontilhão

Feira de Santana

Pontilhão que liga os conjuntos Feira IX e Feira IV será reconstruído na próxima semana

A informação é do vereador Pastor Valdemir que, em pronunciamento na Câmara, comemorou a execução dos serviços pela Prefeitura na...

23/05/2024 às 17h04

Núcleo Agenda Bahia do Trabalho Decente

Feira de Santana

Núcleo da Agenda Bahia do Trabalho Decente é implantado em Feira de Santana 

A iniciativa do Governo do Estado, visa difundir os princípios do trabalho e obter contribuições para elaboração de políticas públicas....

23/05/2024 às 17h00

‘Café com Aroma de Cidadania’

Feira de Santana

Receita Federal incentiva doações para programas sociais através da declaração do Imposto de Renda; saiba como doar

O prazo para entrega do Imposto de Renda 2024 termina no dia 31 de maio.

23/05/2024 às 16h32

Lei Paulo Gustavo

Feira de Santana

Prefeitura promove oficina de elaboração de prestação de contas da Lei Paulo Gustavo no dias 4 e 5 de junho

As aulas vão ocorrer no Teatro Margarida Ribeiro. O primeiro dia da oficina, dia 4 de junho, será das 8h...

23/05/2024 às 15h51

Presidente do Conselho Tutelar - Antônio de Jesus Correia

Maio Laranja

Conselhos Tutelares apelam à sociedade que denuncie abusos sexuais a crianças e adolescentes

O presidente do Conselho número 2, Antônio de Jesus Correia, usou a Tribuna Livre da Câmara Municipal para falar sobre...

23/05/2024 às 15h26

image

Rádio acorda cidade