Feira de Santana

Perícias do INSS voltam a ser realizadas em Feira de Santana

De acordo com a Associação dos Médicos Peritos, mais de 22 mil perícias deixaram de ser feitas no estado da Bahia, durante os 53 dias de greve.

23/05/2022 09h30, Por Gabriel Gonçalves

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Os médicos peritos retornaram ao trabalho nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de todo o país, na manhã desta segunda-feira (23). De acordo com a Associação dos Médicos Peritos, mais de 22 mil perícias deixaram de ser feitas no estado da Bahia, durante os 53 dias de greve.

Egidro Souza dos Reis, informou à reportagem do Acorda Cidade que saiu do município de Nova Fátima por volta de 3h da manhã, para chegar a tempo de ser atendido.

“Eu sou de Nova Fátima e estou com um rapaz aqui que está com problema de saúde e precisa fazer a perícia, para tentar se encostar pelo INSS. Já tem mais de um mês que agendamos essa perícia, mas como estavam em greve, não teve como ser atendido antes, mas agora que a greve já terminou, estamos aqui para tentar esse benefício para ele”, disse.

Moradora do distrito de Maria Quitéria, Renilda Ferreira informou que já estava aguardando há mais de três meses para ser atendida pelo INSS.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

“Hoje eu cheguei aqui por volta de 6h, estou acompanhando a minha sobrinha que tem deficiência. A gente marcou esse atendimento já tem uns três meses e espero que ela consiga passar pela perícia, porque ela depende muito desse benefício”, concluiu.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. Genilce disse:

    NÓS MORADORES DO BAIRRO CONCEIÇÃO QUE TEM COMO FINAL DE LINHA O PONTO DA QUADRA EXIGIMOS DO ILUSTRISSIMO PREFEITO COLBERT MARTINS, ASSIM COMO, SECRETÁRIO DE TRANSPORTE DE FEIRA DE SANTANA UMA RESPOSTA: QUANDO QUE MORADORES QUE MORAM ABAIXO DO PONTO DE ÔNIBUS DA QUADRA PRECISAMENTE NA TRAVESSA GAMELEIRA VAMOS TER DIREITO ÔNIBUS, VISTO QUE, A MAIS DE CINCO MESES ESTA POPULAÇÃO QUE PAGA PASSAGEM DE VALOR INCÁBIVEL PARA UTILIZAR TRANSPORETE COLETIVO PRECÁRIO, SEM FROTA PARA ATENDER A DEMANDA DE UMA CIDADE DESTE PORTE, ÔNIBUS SUCATEADOS, ETC., ETC., ETC., QUANDO QUE AS LINHAS CONCEIÇÃO VIA PQ STA. BARBÁRA, LINHA PARQUE BRASIL E CASEB IRÃO DESCER ATÉ A TRAVESSA GAMELEIRA? POR QUE ESSE DESCASO? OS EMPRESÁRIOS DONOS DA EMPRESA PRESTADORA DE SERVIÇO SABEM
    DA CONDUTA DOS MOTORISTAS MEDIANTE ESTA INCONSTITUCIONALIDADE? NÓS MORADORES PACÍFICOS (ESTAMOS NO LIMITE) AGUARDAMOS FISCALIZAÇÃO SOBRE A ROTA QUADRA X GAMELEIRA. JÁ AGUENTAMOS DEMAIS.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade