Feira de Santana

Músico pede retirada de honraria na Câmara de Feira de Santana

Na carta, o músico comentou sobre o constrangimento que sofreu com toda a repercussão do descaso por parte dos vereadores em lhe conceder a menção.  

30/08/2023 às 20h29, Por Jaqueline Ferreira

Compartilhe essa notícia

Gilsam e Banda Airiyê agitam o palco Reggae
Foto: Divulgação

O cantor e compositor, Gilson Souza Santana, o Gilsam, solicitou em carta aberta a retirada da honraria que seria votada na Câmara Municipal de Feira de Santana. Na sessão realizada no dia 24 de agosto, o projeto proposto pelo vereador Silvio Dias (PT), concederia a outorga da Medalha Zumbi dos Palmares ao músico pela trajetória e contribuição com a luta antirracista. Mas, dentre os 21 vereadores, somente 14 compareceram e um deles se absteve da votação, boicotando a homenagem a Gilsam. 

Ao Acorda Cidade, o autor da proposta Silvio Dias declarou que a ausência dos colegas e o adiamento da votação da honraria, era uma verdadeira demonstração de intolerância religiosa e discriminação racial por parte da Casa da Cidadania. 

Gilsam é pedagogo, formado pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e possui pós-graduação em Psicopedagogia pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb). É mestre em História da África, da Diáspora e dos Povos Indígenas pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Além disso, o músico é um dos principais compositores pioneiros da música reggae no Brasil. Fez parte da primeira banda de reggae da cidade, a “Gana” e atuou com projetos educativos e culturais no bairro da Rua Nova. Ele dedica sua vida acadêmica a pesquisar as práticas que representam e interferem no cotidiano da população negra.

Na carta, o músico comentou sobre o constrangimento que sofreu com toda a repercussão do descaso por parte dos vereadores em lhe conceder a menção.  

“Ao ter notícias de que o coerente vereador Silvio Dias (PT) iria colocar em pauta uma nova votação da matéria em questão eu refleti sobre os acontecimentos da última sessão e da repercussão na imprensa local, me fazendo perceber o grau de constrangimento que sofri por uma parte da Câmara de Vereadores que decidiu se ausentar à votação, como também ao vereador que se absteve, ao qual me reservo ao direito de nem citá-lo nominalmente afim de desofertar-lhe palanque, visibilidade e holofotes, visto que, todos sabem de quem se trata, pois, este vereador já é conhecido por suas negativas acerca das matérias que envolvam grupos vulneráveis e minorias sociais como negros, LGBTQIA+ e comunidades religiosas de terreiro. Diante de tudo isso decidi elegantemente declinar à honraria e não aceitar a indicação da Medalha Zumbi dos Palmares!”, declarou. 

Leia a carta aberta na íntegra 

CARTA ABERTA À COMUNIDADE FEIRENSE! 

Em Sessão da Câmara Municipal de Vereadores de Feira de Santana, realizada no dia 24 de agosto de 2023, seria votado uma menção em honraria a mim, Gilson Souza Santana, mais conhecido no universo artístico como Gilsam, com a outorga da Medalha Zumbi dos Palmares, projeto de autoria do vereador Silvio Dias (PT). O fato é que para a aprovação do pleito precisaria de 14 votos favoráveis. 

Mas quando foi se aproximando o momento da votação, grande parte dos 21 vereadores, os quais deveriam assumir a responsabilidade e o compromisso da presença na votação, foram se retirando, restando apenas 14 vereadores presentes, exatamente o número de votos que o projeto precisava para ser aprovado, entretanto UM vereador se absteve da votação. 

Como já era de se esperar, a abstenção deste edil comprometeu assim a aprovação da outorga direcionada a mim a “Medalha Zumbi dos Palmares”, por reconhecimento à minha trajetória artística e serviços prestados à sociedade feirense, à luta antirracista e à defesa do exercício da cidadania das comunidades negras de Feira de Santana. Indignado e em protesto ao esvaziamento (estratégico) da plenária e à postura de um dos vereadores em se abster da votação, quando seu voto seria decisivo, o autor do projeto, vereador Silvio Dias, retirou este e os demais projetos da pauta de votação. 

O projeto do vereador Silvio Dias, acredito eu, certamente fundamentou sua justificativa com base na minha trajetória de artista negro e de pedagogo que valoriza uma educação antirracista. Como pedagogo, formado pela UEFS, sempre me interessei pelas possibilidades metodológicas e epistemológicas que atendesse às demandas de uma educação antirracista, o que me provocou buscar a qualificação stricto sensu na minha área de formação. 

Desta forma, depois da graduação em Pedagogia, realizei estudos de especialização em Psicopedagogia na UNEB, Mestrado em História da África na UFRB e atualmente desenvolvo estudos de doutoramento em Crítica Cultural na UNEB. Toda minha formação e produção acadêmica fora influenciada (e não poderia ser diferente) pela música, inclusive autoral, que sempre deu régua e compasso à minha vida! 

Como músico atuo desde a década de 1980 como cantor, arranjador e intérprete das minhas próprias composições, tendo sido autor de algumas notoriamente destacadas por problematizar a questão social e racial, a exemplo de “Garotos de Rua”, ainda hoje permeando as memórias daqueles que foram crianças na década de 1980 e que acompanham meu trabalho artístico até hoje. A Medalha Zumbi dos Palmares seria mais um ato simbólico de reconhecimento do meu trabalho, ao que eu agradeço ao vereador Silvio Dias, mas a honraria vem do povo, esse que sabe quem é Gilsam e o que ele significa para o desenvolvimento social e cultural de Feira de Santana, nas últimas três décadas. 

Ao ter notícias de que o coerente vereador Silvio Dias (PT) iria colocar em pauta uma nova votação da matéria em questão eu refleti sobre os acontecimentos da última sessão e da repercussão na imprensa local, me fazendo perceber o grau de constrangimento que sofri por uma parte da Câmara de Vereadores que decidiu se ausentar à votação, como também ao vereador que se absteve, ao qual me reservo ao direito de nem citá-lo nominalmente afim de desofertar-lhe palanque, visibilidade e holofotes, visto que, todos sabem de quem se trata, pois, este vereador já é conhecido por suas negativas acerca das matérias que envolvam grupos vulneráveis e minorias sociais como negros, LGBTQIA+ e comunidades religiosas de terreiro. 

Diante de tudo isso decidi elegantemente declinar à honraria e não aceitar a indicação da Medalha Zumbi dos Palmares! 

Espero que o vereador Silvio Dias (PT) compreenda minha postura e aceite minha decisão, pois não posso aceitar um ato de honraria de uma Câmara composta por membros que alguns intencionalmente se retiram da sessão para não ter que se posicionarem publicamente acerca da votação, assim como uma Câmara que se mantém silenciosa acerca das violências raciais, homofóbicas e misóginas por parte de alguns de seus membros, como já é de conhecimento de todos, todas e todes nessa Casa da Cidadania. 

Obrigado! 

Feira de Santana, 28 de agosto de 2023 

Gilson de Souza Santana

Leia também:

Câmara adia votação de honraria para Gilsam do Raggae

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Não fiquei surpreso, Gilsan seria um estranho naquele ambiente, lógico que com exceção, aquela casa abriga pessoas que trabalham somente em causa própria, diferente do guerreiro professor, que tem doado sua vida para pesquisas e estudos de um povo sofrido e marcado pela violência e descaso da sociedade. Quem sabe um dia quando a cultura do voto mudar, e vereadores serem eleitos pelo perfil e não pelo investimento.

  2. Como negro e morador da periferia, em especial o bairro do Campo Limpo, o mesmo de Gilsan fico muito triste. Você é muito maior que esses ditos como representante do povo, com poucas exceções são bando de ignorantes e preconceitos. ” A vida de um negro, é uma vida de luta. Levante a cabeça! Vamos luta!

  3. Os governantes que ai estão foram colocados pelo povo através do voto! Ou a urna pode ser fraldada? Tem provas? Então, não tem que reclamar. Ano que vem tem muita Heineken e festa na favela. Ai o povo fica feliz e faz o L para o amor vencer e o vereadores, deputados e governantes os bolsos encher.

    1. Realmente, a urna não pode ser “fraldada” pq senão ninguém vota! Qto a urna ser FRAUDADA, essa conversa cansada parte de gente q insiste numa tese proposta pela mesma pessoa q queria q a ANVISA colocasse na bula da Cloroquina q o remédio era indicado p covid, por exemplo, mesmo c toda a comunidade científica dizendo o contrário. Dessa câmera de Vereadores, salvam-se um ou dois, o resto é tudo incompetente, políticos de carreira q só fazem o município passar vergonha c seus “debates”. A pior legislatura de todos os tempos de Feira de Santana.

  4. Caro Gilson, seus diplomas e sua trajetória evidenciam o grande profissional da música e das artes, que vc é. Siga seu caminho de cabeça erguida. Estes vereadores que boicotaram esta votação não tem a capacidade intelectual para mesurar o teu valor enquanto profissional e artista. Parabéns por tua história de vida e por tuas conquistas. Abraço!!

  5. Uma vergonha!
    Realmente é racismo e intolerância.
    Gilsam, está corretíssimo em não querer essa honraria.
    Um absurdo, principalmente desse vereador que se absteve. Feira sabe quem é, o povo negro, não deveria dar votos a esse tipo de pessoa.

  6. A falta de estudo, educação e cultura de alguns edis é vergonha para uma sociedade, bem se vê q não importa pra eles conceder honra ao mérito de quem estudou mais do eles, assim se forma uma nação de hipócritas analfabetos funcionais. Vc é muito maior q isso Gilsan, eles não estão á sua altura, completos seres inanimados, fantoches de uma sociedade falida. Se estão lá é pq deram em troca algo aos seus famigerados eleitores, e não por mérito.(raríssimas excessões)

  7. Meu amigo Gilsan, você é maior que qualquer medalha ou honraria. Essa gentalha que está perdendo a oportunidade de homenagear um artista GIGANTE que você é.

  8. CAMARA DOS INGNORANTES CULTURAIS DE FEIRA DE SANTANA. CHEGA A SER Vexatório E RIDICULO a atuação destes vereadores. So aparecem nos noticiários negativamente.

  9. Gilson, reggaeman do Brasil, você foi perfeito em sua decisão, apesar da boa vontade do nobre vereador Silvio Dias, receber um título de uma Câmara de vereadores onde, não agravando a todos, há uma concentração de políticos inúteis, incapacitados, medíocres, arcaicos e principalmente alguns medievalistas usurpadores da fé alheia – seria ir de encontro a todas suas vivências. Vocês é grande demais pra precisar do reconhecimento deles, a gratidão de nós que reconhecemos sua importância já vale muito!

  10. Gilsam vc não precisa de honrarias desta Câmara de vereadores.
    Comunidade afro, os vereadores só priorizam a elite.
    Fica a dica para a próxima eleição…..

  11. Você está corretíssimo com essa atitude “Grande” Gilsan, parabéns por você ser essa pessoa que é, esses edis é que não merecem estar ocupando uma cadeira na casa da cidadania, uma vergonha para a nossa Princesa do sertão !

  12. Vergonhoso o comportamento da Câmara de Feira de Santana. Causa indignação a falta de seriedade e republicanismo de determinados vereadores. Mas na hora de homenagear torturadores e criarem o dia do “patriotário” estão todos dispostos a fazerem.

  13. A honraria é valida pela trajetória, mas a democracia também é valida. Os vereadores se abstém e votam ou não em quem quiserem. Quem estiver descontente não votem neles nas próximas eleições.

  14. Bom dia um pedaço de ferro ou seja lá de que for feita essa medalha ela sempre vai tá bem bem beeeem a baixo do que o senhor foi e será para feira de Santana e para muita gente a exemplo das suas formações coisa que poços na casa tem sabe qual a melhor medalha para o senhor a que vem do povo o reconhecimento o carinho que todos tem por sua pessoa fica aqui o obrigado ao senhor Silvio dias que soube reconhece a história,cultura e o artista que nossa terra tem sem conta a personalidade e o se dá em pro da nossa população Gilsan o senhor não precisa de medalha nem uma a sua trajetória de vida e bem mais que essa medalha

    1. Entendi o comentário de “sem preconceito”. A sangue do preto e do branco tem a mesma cor. A merda do branco, fede igual ao amarelo, a do branco, a do negro e seja lá qual for. Essa questão de ter racismos é a maior bobagem. Não o conhecia, mas pelo que vi Gilsam não se vitimizou, ele estudou e muito. Se sobressaiu! Desapega do mimimi e vai para cima. Parabéns Gilsam acho que divulgação do seu nome e do seu currículo valeu mais que uma medalha.

  15. Bem praticado sua decisão e que você seja abençoado. Você mostrou ser uma pessoa de capacidade ao limite da sabedoria não ter aceitado esse convite que na visão minha é sem valor essa honraria,já que ficam escolhendo a quem homenagear. Parabéns e sucessos.

  16. Esses vereadores de Fsa devem ser todos trocados. Espero que a população faça seu papel na próxima eleição.
    A hora ao mérito todos temos pela nossa caminhada,essa postura dos vereadores não muda em nada a sua trajetória.
    Parabéns!

  17. Parabéns pela sua formação, sua força, seu currículo… Infelizmente, possuímos uma câmara de vereadores ridícula e que não possuem metade do seu conhecimento tanto prático e praticado para população e quem dirá acadêmico!!!

  18. Só quem pode oferecer honra, é quem tem honra. Quem se retirou e quem se ausentou não tem honra alguma pra lhe oferecer meu caro… Essa câmera de Feira não tem nada de bom a oferecer. Vc é um grande artista…Deus lhe abençoe sempre…

  19. Sua honraria é sua trajetória de vida, que mostra que um homem preto pode vencer nesse país. Uma homenagem desses vereadores atuais soa mais mais como um constrangimento mesmo.

    1. Tanta coisa importante pra se resolver na cidade, por exemplo a violência, o caus na região da rodoviária, o povo pedindo esmola na rua gente esse que deveria rever na cidade pelo a amor de Deus para que tá feio branco, negro quando morrer vai pro mesmo lugar ! Vou debater as coisas importante gente!

      1. Seu comentário já diz tudo sobre você, ***!!!!
        O racismo é uma problemática social e cultural e tem que ser debatido sim! “sem preconceito” uma zorra! ****!!!

  20. Simples de resolver: basta a comunidade afro não votar nos ausentes, especialmente no que se retirou.
    Eleição é ano que vem; dá pra sustentar esses nomes nas redes sociais até lá.

    1. A Câmara de Vereadores de Feira de Santana, com raríssimas exceções está sendo ocupada por inúteis. Pessoas que se elegeram se fazendo valer da miséria que muitos feirenses vivem principalmente na periferia. Se fizeram valer também da irresponsabilidade de outros que votaram simplesmente para garantirem os seus empregos e ou para garantirem as suas mesadas. É duro de entender como um ser humano como Gilsan Reggaeman do Brasil teve que passar por isso já que tem um trabalho enquanto artista reconhecido nacionalmente e tem uma trajetória como intelectual que a maioria dos edis daquela casa jamais alcançarão. A Moviafro de Feira de Santana se solidariza e apoia toda e qualquer iniciativa que Gilsan tomar pois entendemos que fatos dessa natureza não podem voltar a acontecer. E ao contrário do que foi dito em um dos comentários.
      Esse assunto é importante sim e talvez seja por culpa de pessoas como você que fez o comentário que tenta deslegitimar a nossa luta, que a Câmara de Vereadores de Feira de Santana, está desse jeito.
      Vida longa a Gilsan Reggaeman do Brasil!

Mais Notícias

Moradores solicitam sinaleiras na entrada dos bairros Sobradinho e Gabriela_paulojosé_acordacidade (2)

Feira de Santana

Moradores reivindicam sinaleiras na entrada dos bairros Sobradinho e Gabriela

Enquanto a reportagem do Acorda Cidade esteve no local, conseguiu verificar vários flagrantes de irregularidades, inclusive uma colisão.

23/07/2024 às 18h19

ll Feira da Agricultura Familiar e Economia Solidária

Feira de Santana

ll Feira da Agricultura Familiar e Economia Solidária celebra a produção do campo

O evento começa nesta terça-feira (23) na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar.

23/07/2024 às 18h17

contabilidade

Feira de Santana

ll Encontro Baiano de Contabilidade Aplicada ao Setor Público acontece em Feira de Santana 

O tema é Integridade, Transparência e Controle Social: Como a Contabilidade contribui para o fortalecimento da confiança na Gestão Pública?...

23/07/2024 às 16h16

Engavetamento na Avenida Noide Cerqueira

Feira de Santana

Engavetamento entre 6 veículos deixa duas pessoas feridas em Feira de Santana

Duas pessoas que estavam conduzindo as motocicletas foram atendidas por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)....

23/07/2024 às 15h45

Cras do George Américo

Feira de Santana

Prefeitura promove mutirão de atendimento no Cras do George Américo nesta quinta-feira (25)

Na última semana, os mutirões para atualização e inclusão de beneficiários no CadÚnico foram realizados na Matinha e no bairro...

23/07/2024 às 15h44

Comunidade Moita da Onça em Feira de Santana

Reconhecimento

Comunidade Moita da Onça em Feira de Santana é reconhecida oficialmente como território quilombola

O reconhecimento é uma afirmação política que deve trazer visibilidade e empoderamento da comunidade ao garantir acesso a políticas públicas....

23/07/2024 às 13h56

image

Rádio acorda cidade