Feira de Santana

Manifestação de trabalhadores no Shopping Boulevard pede mais segurança e redução de horário na Micareta

Os trabalhadores relataram que lojas estão sendo assaltadas no shopping por falta segurança.

19/04/2023 às 17h30, Por Iasmim Santos

Compartilhe essa notícia

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Trabalhadores do Boulevard Shopping realizaram na tarde desta quarta-feira (19), uma manifestação com o propósito de pedir mais segurança, compensação financeira e redução do horário no sábado da Micareta, festa prevista para acontecer entre os dias 20 e 23 de abril, em Feira de Santana.

Ao Acorda Cidade, a comerciária Patrícia Moreira dos Santos relatou que trabalha além do horário sem receber pelas horas extras.

“Trabalhamos todos os horários de feriados sem nenhuma resposta. Em feriados estamos trabalhando além do horário, sem receber nada por isso. No sábado vai ser aberto horário normal até às 22h, não tem ônibus para isso. E no domingo também trabalharemos normal”, expôs.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Além disso, os trabalhadores denunciaram que lojas estão sendo assaltadas dentro do shopping por falta de segurança.

“Foi assaltada hoje, por sinal, uma farmácia. Não temos segurança, a Micareta vai começar em horário mais cedo e nós vamos sair só às 22h, sem nenhuma segurança, sem pagamento para um carro por aplicativo ou motoboy, temos que estar nos arriscando para poder pegar transporte público depois das 22h”, desabafou.

O comerciário Donato Henrique, que trabalha no shopping há 1 ano e quatro meses, abordou que a criminalidade da cidade não colabora com a segurança.

“Hoje à luz do dia tivemos a farmácia sendo roubada. O segurança particular só serve para multar as lojas, a gente e está aqui para nos barrar, quando a gente chega sem crachá não entramos, mas bandido entra armado. Se uma pessoa passar um dia aqui, verá o caos que a gente vive”, frisou.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Geovana Araújo dos Santos trabalha há oito meses no shopping e contou ao Acorda Cidade que tentaram impedir a realização da manifestação.

“Queremos segurança e redução do horário na Micareta para que possamos chegar seguros em casa na Micareta. Não tem segurança no ponto de ônibus, a gente tem que pagar motoboy ou se virar com carro de aplicativo do nosso bolso, porque a gente não tem segurança”, enfatizou.

O que diz o Sindicato dos Comerciários

O presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio de Feira de Santana (Secofs), Antônio Cedraz, relatou que a insatisfação dos funcionários do shopping já vem crescendo desde a Semana Santa.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

“A Micareta estourou de qualquer maneira, o pessoal não tá aguentando mais, em plena Micareta você trabalhar de 9h às 22h, e domingo até às 20h, não tem dia nenhum para se divertir. Isso é um regime de escravidão, a insatisfação está muito grande e eu acredito que vamos sentar agora para negociarmos essa redução e liberarmos o domingo, porque não é possível, o pessoal precisa também se divertir com os seus familiares”, apontou.

Antônio Cedraz disse que a direção do shopping abordou que essa situação deveria ser resolvida com o Sindicato Patronal.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

“As coordenadoras não receberam o nosso sindicato e disse que tem que ser discutido com o Sindicato Patronal. Nesta quarta muitos assaltos já aconteceram. Muitos trabalhadores estão colocando o seu emprego em risco em função da melhoria para todos. Vários assaltos já aconteceram e a Micareta nem começou ainda. A segurança interna não dá conta e a segurança é um dos pontos principais que o pessoal está reivindicando”, reiterou.

O que diz o Sindicato Patronal

O presidente do Sindicato do Comércio de Feira de Santana (Sincofs), Marco Silva, contou que desde janeiro está tentando negociar com o Sindicato dos Empregados.

“Infelizmente tenho muito a lamentar, o Sindicato do Comércio vem tentando negociar com o Sindicato dos Comerciários desde janeiro e faltando menos de 24h para o início da Micareta, oficialmente, temos essa manifestação negativa. Quem se nega a negociar e depois faz manifestação com o apoio do sindicato laboral é lamentável. Só tenho a dizer que lamento, os lojistas estão seguindo a legislação que foi o próprio Sindicato dos Comerciários que evocou. E mais uma vez vou deixar a minha porta disponível para negociação, meu celular está ligado o tempo todo e só digo que a pior coisa que tem é a imprevisibilidade e a insegurança jurídica, é o que tentamos evitar. Esperamos que exista mais maturidade nas negociações e que a gente consiga evoluir, porque todo mundo precisa produzir, todo mundo precisa pagar as suas contas, se divertir, quem quer viajar precisa ter essa previsibilidade, e não se pode através de uma imposição ou forçação de barra, de um constrangimento ilegal, querer forçar uma situação, quando desde janeiro estamos querendo negociar. Mas somos pessoas de diálogo e mais uma vez afirmo que o meu celular e o Sincofs está disponível para negociação”, concluiu.

O Acorda Cidade irá em busca de um retorno com a direção do Boulevard Shopping.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Escravidão ,Escravidão !!!
    Façam todos os registros,anotem tudo,tirem fotos…levantem provas ,desses dias e outros trabalhados,sem o recebimento devido,e guardem,para brigar lá na frente,no TRT.

  2. Na hora que realmente precisa protestar nesse país, ninguém da às caras , mais pra festejar algo que não deveria ter tanto foco , aparece um bando de fdp

  3. Uma mistura de ganância com escravidão juntas, um joguinho de palavras hipócritas! Os trabalhadores estão o mínimo de seus direitos!

  4. Verme é você, não sou filho de papai nem tão pouco rico, o que não justo uma fila que não tem mais tamanho no desemprego e esse monte de gente reclamando porque vai trabalhar no sabado, mas quando eles precisam de medicos de madrugada, ou querem comprar um lanche de madrugada tem motoboy para levar, mas querem sair para casas ou sai da casas de seus namorados e namoradas eles pedem um uber que ganha uma miseria eles nenhum reclama, ja pensou o tanto de gente que vai trabalhar na micareta, policia, motoboy, medicos, enfermeiras, reporteres, cameras, motorista de onibus, motorista de app, ambulantes, ligeirinhos, garcons, babas, cuidador de idoso, guarda municipal, mas so vocês do comercio estao reclamando porque vao trabalhar ate as 22 do sabado, eu poderia continuar com minha lista de quem vai trabalhar nesse periodo, mas a mente de vcs é tao pobre e pequena que nunca iriam entender, o nivel de demencia e muito grande.

  5. Incrível como os problemas do nosso Brasil são os mesmos há anos, agora ninguém tem culpa, nem os patrões, nem o sindicato patronal e nem a direção do shopping , por outro lado se Feira de Santana tivesse uma delegacia do trabalho ou MP do trabalho já teriam (ou deveriam) tomar uma atitude.
    O que falar do sindicato dos empregados, deixar que pessoas trabalhadoras sejam expostas de todas as formas, primeiro com a própria segurança dos trabalhadores, depois com jornadas exaustivas e sem receber…
    E o que falar dos patrões hein ? Vão alegar que não podem pagar ao menos neste período um transporte exclusivo para os funcionários e nem as horas extras pq estão no vermelho (conheço esta conversa desde 1984), mas não abrem mão dos carrões de 200, 300 e até 500 mil reais e suas casas de alto padrão…
    E o MPT ? Com certeza estão naquela passagem do nosso hino… Deitados eternamente em berço esplêndido…
    Como dizia uma musica de Moraes Moreira…
    ´´Lá vai o Brasil descendo a ladeira…“

  6. O sindicato tem que ver isso ,e da a cara a tapa ,se deixar eles nao dao folga a ninguem !tem que ter respeito pelos trabalhadores ,regime escravocrata!

  7. Ou os trabalhadores voltam a decada de 70 para exigir humanidade nas relações trabalhistas ou cada vez mais o país vai retrocedendo nas décadas tirando direitos até chegar a escravidão. Os trabalhadores não esperem por decisão jurídica, tradicionalmente ela fica com quem tem mais poder econômico e é morosa. A conversa é entre patrão e empregado e são acaloradas. No final os consumidores é que pagam mas pelo menos a saúde dos trabalhadores melhora

  8. Esse presidente do sindicato patronal não tem respeito nenhum pelos comerciários ele chega a ser desumano, acorda sindicato dos empregados, esse Marcos aí tá colocando vocês no bolso, trabalhei anos aí no shopping, hoje nem pra comprar eu entro mais, fiquei traumatizada.

  9. Pelo que eu sei, não são funcionários do shopping, mas sim de lojas do shopping. E a jornada de trabalho deles são feitas por cada proprietário de loja.

  10. Bom dia, Deus abençoe a todos, vamos lá a segurança do shopping é privada cobrem da administração e no lado de fora cabe a polícia militar e sobre os horários de trabalho ninguém é escravo, se ultrapassar a carga horária tem direito a hora extra, sempre falo funcionários tem família como todo empresário tem. Vamos ver qual comerciante que tem loja aí no shopping vai ficar na loja até fechar.

  11. É lícito a manifestação dos funcionários do shopping Boulevard, contudo segurança é necessária a todos os Feirenses, acorda governo do Estado.

  12. Péssimo mesmo a segurança do shopping, vendidos entram e saem sem nenhuma revista, rouba lojas, intimidam funcionários e nada é feito. Adm só serve p impor regras, tudo muito cheio de protocolos e reclamações. Só exigem dos lojistas mas n dão retorno. Isso acontece por falta de concorrência! Feira já passou de ter um shopping de verdade.

  13. Com essa insegurança onde os dublês de rico de Feira de Santana vão se divertir? E as madames de feira que gasta a maquiagem toda para ir no Boulevard, vão desfilar onde? Estou preocupado!!!!

  14. Boa iniciativa dos funcionários do shopping, PARABÉNS! ISSO MESMO
    e o pessoal do comércio tem que fazer isto também. Ir todo mundo pra a rua manifestar e deixar as lojas abertas. Reivindicar seus direitos. Ninguém é escravo e nem robô. Precisam de um pouco de descanso também. Se os outros nos de lojas só pensam neles e a segurança pública do governo do faz o L só fica nas blitz de lei seca e documentos enquanto a bandidagem só aumenta na cidade, o pessoal tem que ir para rua fazer protesto mesmo. E tem que ser todos juntos.

  15. é o comércio ganancioso. Prefere gastar luz, água, correr risco, colocar a vida do trabalhador em risco, mas não fecha o comerciozinho de quinta… Desrespeito com o funcionário! quem vai pra shopping em pleno sabado de micareta??? faça-me o favor

    1. É por causa desses tipos de comentários que chamam os bolsonarista de racista!
      O povo só quer sair um pouquinho mais cedo não tem segurança alguma naquele ponto de ônibus depois das 22:00h.
      Todos querem trabalhar, e precisam trabalhar, mas não é por isso que tem que pôr suas vidas em risco!

  16. TODO LUGAR TRABALHA, EM QUALQUER CIDADE DO PAÍS, CARNAVAL, FERIADO, TUDO. SÓ FEIRA QUE NÃO PODE TRABALHAR CARNAVAL, MICARETA, SE TIVER UMA FESTA NO PARQUE DE EXPOSIÇÕES, TEM QUE FECHAR O COMÉRCIO. ABSURDO.

  17. È SIMPLE DE RESOLVER ISSO, DEMITE TODOS QU ESTÃO INSATISFEITO E CONTRATA OS QUE ESTAO NA FILA DO DENSEMPREGO, TODOS RECLAMAM, MAS NENHUM TEM CORAGEM DE CHEGAR DO RH DA EMPRESA E ENTREGAR UMA CARTA DE INSATISFAÇÃO.

    1. Voce deve ser filhinho mimado pela mae e pelo pai, em outras palavras, filho de dono de Loja, que nunca precisou trabalhar e nem mover nada, porque sempre achou tudo de papai e mamae, quando voce for um trabalhador, que acorda as 05:00 da manhã, voce sabera o motivo de tamanha insastifação em que nossa população vive.

      1. Rapaz não sou filho de papai e nem dono de loja, vc não sabe da minha história de vida, o problema e quando acaba as festas esse povo que está reclamando vai pra casa do trabalhador ou sac procurar emprego e na hora todos falam que trabalham qualquer hora e que está disponível para empresa, e vc deve sindicalista que ganha nas custa dos trabalhadores e vem aqui me licao de moral.

      2. Sindicato fraquíssimo!
        O sindicato tem que fechar os portões do shopping Boulevard e pronto, parar tudo , não deixar ninguém entrar hoje. Quando doer no bolso. Rapidinho o shopping dar folga aos trabalhadores que são gente. Mas o Boulevard acha que não são.

    2. Tenha mais sensibilidade com o próximo, todos os trabalhadores tem direito de lazer também. Palavras como como essas suas fere o próximo

    3. Chegou o discípulo de Caco Antibes pra defender o patrão. Essa é a “elite” brasileira. Elite entre aspas, pois nada mais é do que um sujeito classe média, muitas vezes decadente, mas que não larga a pose. Não é à toa as denúncias de trabalho escravo, em pleno século XXI, no Brasil.

    4. Vc concerteza nunca trabalhou,nunca acordou 5:30 da manhã pra pegar coletivo lotado pra ir ao trabalho, vc é um pobre coitado,um verme !!!

  18. Prestem queixa na DRT.
    Isso é um absurdo, em plena micareta essa porcaria de shopping aberto.
    Falta de respeito aos trabalhadores.

Mais Notícias

Arraiá da Catedrá

Prévia do São João

Catedral de Sant'Ana promove 15ª edição do "Arraiá da Catedrá" dia 1º de junho

O Arraiá será realizado a partir das 20h no Zilas Cerimonial, localizado na Rua Xingu, nº 555, bairro Capuchinhos.

24/05/2024 às 11h33

Apae - novas equipamentos

Feira de Santana

Após liberação da verba, Apae adquire 1.700 equipamentos; próteses e cadeiras de rodas já estão sendo distribuídas 

Os repasses federais de verbas que estavam retidos pela prefeitura foram liberados, o que possibilitou a distribuição dos equipamentos. 

24/05/2024 às 10h20

matagal rua 25 de maio

Feira de Santana

Moradores cobram limpeza de terreno usado como espaço de lazer no bairro Conceição: “Está uma vergonha”

O local que poderia estar sendo utilizado como espaço de lazer, está tomado pelo mato, lixo, além de trazer insegurança...

24/05/2024 às 10h00

Empresário perde dois pneus ao passar em buraco na BR-324 e reclama de condições da rodovia pedagiada

Bahia

Empresário estoura dois pneus ao passar em buraco na BR-324 e reclama de condições da rodovia pedagiada

Além da BR-324, o motorista também mencionou problemas na BR-116 Sul, que enfrenta buracos em vários trechos.

24/05/2024 às 07h52

Pontilhão

Feira de Santana

Pontilhão que liga os conjuntos Feira IX e Feira IV será reconstruído na próxima semana

A informação é do vereador Pastor Valdemir que, em pronunciamento na Câmara, comemorou a execução dos serviços pela Prefeitura na...

23/05/2024 às 17h04

Núcleo Agenda Bahia do Trabalho Decente

Feira de Santana

Núcleo da Agenda Bahia do Trabalho Decente é implantado em Feira de Santana 

A iniciativa do Governo do Estado, visa difundir os princípios do trabalho e obter contribuições para elaboração de políticas públicas....

23/05/2024 às 17h00

image

Rádio acorda cidade