Solidariedade

Líder comunitário busca doações para homem que mora em barraco no bairro Pedra do Descanso

O barraco onde o idoso mora, quando chove, molha todo por dentro e ele sobrevive com doações feitas pela comunidade.

06/07/2022 12h48, Por Laiane Cruz

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Morando em um barraco de madeira, na comunidade Sonho Real, no bairro Pedra do Descanso, em Feira de Santana, José Carlos, de 58 anos, enfrenta dificuldades para se manter e sofre com problemas de saúde.

Ele reside no local desde 2014, quando perdeu a casa onde morava. O barraco onde José Carlos mora, quando chove, molha todo por dentro e ele sobrevive com doações feitas pela comunidade.

Foto: Arquivo Pessoal | Idoso

De acordo com o líder comunitário Daniel Lacerda Silva, de 28 anos, e que trabalha como supervisor de limpeza, ele nasceu e cresceu no bairro Pedra do Descanso e por isso conhece José Carlos desde pequeno.

O supervisor não sabe exatamente o que levou José Carlos a perder a casa onde morava, mas disse ao Acorda Cidade, que desde que isso aconteceu, ele vem acompanhando as dificuldades enfrentadas por ele para conseguir sobreviver.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Eu o conheço e desde criança, ele viu meu crescimento e eu venho acompanhando também o dia a dia dele, a batalha, o sofrimento. Ele é um senhor de 58 anos e não tem muitas condições. Vários políticos e outras pessoas vieram fazer vídeos e postaram nas redes sociais. Fizeram mídia em cima dele, mas o tempo passou e as condições dele pioraram ainda mais. A situação dele é de precariedade, porque não tinha onde morar, pois passou por uma situação de dificuldade e perdeu a casa. O motivo eu não sei realmente porque ele perdeu a casa, mas ele mora aqui há muito tempo, desde 2014, e construiu o barraco em uma área acidentada, e cada vez mais com a chuva o terreno vai cedendo”, relatou Daniel Lacerda.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Ele contou ainda que há pouco tempo José Carlos recebeu uma refeição, que continha dois zípers e um botão de ferro. O homem ingeriu os materiais junto com a comida e teve sérios problemas de saúde, chegando a passar mal em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

“Agora ele está precisando de medicamentos, não está conseguindo levantar da cama direito e já foi internado na Upa passando mal. Ele não é aposentado, não recebe benefício, já foi acometido por uma meningite e ficou cego de um olho. É uma pessoa que não consegue trabalhar, não consegue o pão de cada dia e vive de doações. O sonho dele é ter uma moradia, uma casa com quarto e um banheiro, para ele ter mais qualidade de vida”, informou.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

O supervisor de limpeza e líder comunitário pede à comunidade que se sensibilize com a situação do idoso e doe materiais e recursos para que ele possa construir uma casa, que seja pequena, mas com um quarto e um banheiro que dê ao morador condições de viver com mais dignidade.

Foto: Arquivo Pessoal

“Ele tem família, uma irmã, que sempre traz doações para ele, e a mãe, que também está doente. Mas cada um tem suas dificuldades. As pessoas podem ajudar com a doação de qualquer material”, apelou.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Quem desejar ajudar José Carlos a construir uma casa e realizar a doação de alimentos e outros materiais pode entrar em contato com Daniel Lacerda, através do telefone 75. 98294 – 5154, que também funciona como chave PIX.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. Clara disse:

    Isso é um absurdo, tanta gente com muito dinheiro, grandes empresário , prefeito e ngm ajuda. Colocam ele no lar tem tantos no campo limpo. Pelo o menos lá tem medicação, e alimento. Vamos ajudar gente

  2. Aline disse:

    Tem tantos apartamentos do MCMV vazios, a secretaria de habitação deveria disponibilizar para ele. Com fé em Deus ele vai consegui a moradia dele

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade