Feira de Santana

Lar do Irmão Velho realiza 1º Passeio Ciclístico dia 29, para aquisição de fraldas geriátricas

A concentração ocorrerá na Avenida Getúlio Vargas, na Praça Marcus Morais, próximo à loja de informática Lucidata.

25/05/2022 11h08, Por Laiane Cruz

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Foto: Divulgação

O Lar do Irmão Velho, em Feira de Santana, irá realizar, no próximo domingo (29), o 1º Passeio Ciclístico em prol da compra de fraldas geriátricas para os idosos abrigados pela entidade. A concentração ocorrerá na Avenida Getúlio Vargas, na Praça Marcus Morais, próximo à loja de informática Lucidata.

Os participantes partirão do ponto de encontro às 7h e percorrerão a Avenida Getúlio Vargas, entrando na Rua São Domingos e irão finalizar o percurso no Lar do Irmão Velho, onde haverá um lanche saudável, além de sorteios de brindes para os inscritos.

Em entrevista ao Acorda Cidade, a diretora social do Lar do Irmão Velho, Ana Cláudia Paim, destacou que para se inscrever basta adquirir um cupom no valor de R$ 20 nos pontos de vendas parceiros ou realizar a doação de um pacote de fraldas geriátricas tamanhos M ou G, que também dará direito a participar do sorteio. Segundo ela, o passeio será feito para ciclistas de todas as idades.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

“Para facilitar a vida de quem quer participar, divulgamos nas nossas redes sociais um card onde a gente apresenta o PIX da Pessoa Jurídica do Lar, as pessoas podem fazer a doação, além da fralda geriátrica. E no momento que ela doa, ganha um cupom, como se fosse um convite numerado, que vai concorrer a prêmios ao longo desse passeio, como bicicleta de adulto, bicicleta de criança, capacete, itens de ciclismo, protetores de joelho, uma gama de prêmios que a gente vai sortear na frente do Lar, e também ao final do percurso iremos receber os ciclistas com um lanche de frutas, bem saudável, que combina com todo o evento que estamos promovendo. É preciso que as pessoas se inscrevam para elas irem para o Lar com o número que vai garantir o sorteio. O cupom está saindo no valor de R$ 20 ou a pessoa pode entregar no Lar a fralda”, explicou.

Ana Claudia salientou que toda a diretoria está envolvida neste evento, e os clubes de bike, pois todos abraçaram muito a ideia. A expectativa é que mais de 1.500 pessoas participem do passeio e colaborem com a entidade.

“A gente tem pontos de inscrição em todas as lojas de bike e nas nossas redes sociais, onde a pessoa vai encontrar o card com o número do PIX 016.246.183/0001-60, que é o CNPJ do Lar, para dar transparência, credibilidade, porque é uma instituição que conta muito com esses requisitos. A gente tem a expectativa de algo em torno de 1.500 pessoas participantes, mas sempre vão aparecer aqueles integrantes de última hora, que talvez não vão adquirir, mas vão estar no passeio. A nossa intenção é juntar todos em uma corrente do bem, em prol de um objetivo maior, que é o auxílio ao Lar do Irmão Velho, que hoje está com 59 idosos, mas abrimos o processo de aquisição de vagas para novos idosos e para isso estamos adequando duas novas salas. Íamos iniciar esse processo, mas com pandemia tivemos que suspender a reforma e agora estamos implementando dois quartos para receber novos idosos”, informou.

A diretora social acrescentou que a campanha visa prevenir a entidade com a chegada do inverno, quando há aumento na demanda por fraldas pelos idosos. Ela explicou que mensalmente são gastos em torno de R$ 10 a R$ 12 mil com este material, mas com o frio o valor pode aumentar.

“A quantidade de fraldas gastas varia muito com a sazonalidade. No verão a gente gasta um pouco menos e no inverno duplica a demanda. Com a pandemia, uma coisa que foi muito dolorosa foi que com o isolamento social a gente deixou de promover uma interação social dos idosos com a sociedade. Eles passeavam muito e a gente fazia muita atividade integrativa com escolas, então com a pandemia e o avançar da idade, muitos acabaram diminuindo a sua mobilidade e acabaram tendo uma dependência maior do uso das fraldas. Temos uma média de despesa mensal entre R$ 10 e 12 mil de fraldas geriátricas por mês e no inverno pode piorar.”

Além da doação de fraldas geriátricas, a comunidade pode doar também outros itens de higiene pessoal, materiais de uso individual para alimentação e alimentos.

“Inicialmente, no período da pandemia, houve um processo de solidariedade para com o Lar de doação de uma série de itens, e a gente agradece demais. Mas com o avançar do tempo, com a inflação e as dificuldades que a nossa sociedade vem enfrentando, a gente percebe que houve diminuição do processo de doação. Então a gente convida as pessoas que visitem o Lar, sejam amigos da entidade, e doem o que têm em excesso, itens direcionados a idosos, como sabão líquido, fraldas geriátricas, copos descartáveis que a gente usa muito até para evitar a contaminação, porque as medidas sanitárias continuam sendo implementadas no Lar.”

Com informações do repórter Ney Silva do Acorda Cidade.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade