Profissão

Dia do Chef de Cozinha: “Mesmo aprendendo todas as técnicas, prezo pela gastronomia afetiva e familiar”

O Acorda Cidade conversou com o profissional para homenagear o Dia Nacional do Chef de Cozinha, celebrado nesta segunda-feira (13). 

13/05/2024 às 15h29, Por Jaqueline Ferreira

Compartilhe essa notícia

Chefe de Cozinha - Iran Vivas
Foto: Arquivo Pessoal

Comer é uma dádiva da vida. Para quem sabe alimentar, esse é um prazer que vem da alma, como o caso do chefe de cozinha, Iran Vivas de Magalhães, professor de gastronomia que atua na área desde a infância. O Acorda Cidade conversou com o profissional para homenagear o Dia Nacional do Chef de Cozinha, celebrado nesta segunda-feira (13). 

Chefe de Cozinha - Iran Vivas
Foto: Arquivo Pessoal

Ao longo dos seus 60 anos, Iran se tornou docente do curso de gastronomia da Faculdade Anísio Teixeira, coordenador pedagógico do Instituto Gastronômico das Américas e chef executivo de um Resort em Santo Estevão. Atualmente, ele atua nos cursos profissionalizantes e também é consultor da área, mas todo esse legado começou logo cedo, na cozinha de casa. 

Chefe de Cozinha - Iran Vivas
Foto: Arquivo Pessoal

Já na infância ele sabia identificar todos os tipos de cortes de carne, de alimentos que via na feira, quando ia fazer compras com sua mãe. Esse conhecimento e prazer de estar na cozinha, lhe rendeu a responsabilidade de alimentar toda a família nas principais ocasiões. 

“Logo cedo, aos 10 anos eu sabia todos os tipos de cortes de carne. Com isso, eu fiquei sempre responsável por tudo que se referia a eventos gastronômicos dentro de casa. A ceia de Natal, o almoço de Dia das Mães, o que fazer na noite de São João, no Réveillon, tudo eu tinha que opinar, ajudar, fazer junto e o principal, finalizar. Porque eu não queria só fazer, queria fazer e deixar tudo bonito, montado, para gradar os olhos da família, da minha mãe, do meu pai e dos amigos presentes nessas datas importantes”, revelou. 

Para cuidar do patrimônio da família, ele se formou em Administração de Empresas e até pensou em cursar direito, mas o amor pela cozinha fez com ele retornasse sempre para o ambiente gastronômico. 

Com a experiência da Fazenda dos pais, Iran organizou grandes leilões na região de Feira de Santana, como eventos das Fazendas Nova Delle, Havana e Limoeiro, muitos sediados no Parque de Exposições João Martins da Silva. 

“Mesmo fazendo isso, eu gostava de cozinha”, explicou Iran para contar como ele se jogou de vez no mundo da gastronomia.

Trazendo toda a sua experiência na administração, ele teve o desejo de abrir um restaurante. Logo, foi se especializar em Gestão de Negócios Gastronômicos, o que não lhe encantou muito, porque todo bom chef gosta mesmo é de “pegar no pesado, da labuta da cozinha”. 

Chefe de Cozinha - Iran Vivas
Foto: Arquivo Pessoal

O chef ainda realizou uma pós-graduação em Cozinha Internacional, onde fechou de vez seu pacote para se tornar um grande chef na área. Apreendeu sobre diversos tipos de culinária, abrangendo as várias cozinhas das Américas (brasileira, americana, europeia), conhecimento este que ele passou a valorizar ainda mais quando se tornou um profissional de graduação. 

Mas, foi na comida afetiva, nas memórias da cozinha de casa que ele conquistou suas melhores lembranças e aprendizados ao longo de sua carreira. 

“Os conhecimentos adquiridos através da pós foram imensos, mas eu considero muito o conhecimento maior que tive na cozinha da casa de minha mãe, porque eu sou um chef que gosta de comida afetiva. Mesmo aprendendo todas as técnicas clássicas da gastronomia, eu sempre utilizo alguma coisa que vai lembrar os detalhes que minha mãe, minha vó faziam”.

Chefe de Cozinha - Iran Vivas
Foto: Arquivo Pessoal

Influenciado pela vida no campo, Iran revelou que sempre gostou de assistir programas rurais que traziam a comida camponesa, tanto que ao longo da sua trajetória, o chef teve a oportunidade de ser referência como fonte na televisão. 

Atualmente, ele mora em um sítio, fazendo uma boa comida caseira, a lenha que traz cheiros, costumes e sabores de dar água na boca. 

Chefe de Cozinha - Iran Vivas 22
Foto: Arquivo Pessoal

Nas suas aulas, Iran está ensinando sobre a gastronomia brasileira, internacional, noções básicas, além de planejamento de cardápio. Nos cursos profissionalizantes ele ensina sobre a alta gastronomia e a cozinha profissional. Dividindo sua rotina entre a docência, a atuação nas cozinhas e a vida pessoal, ele ainda ministra workshops e palestras, faz consultoria e parcerias com restaurantes. 

Chefe de Cozinha - Iran Vivas
Foto: Arquivo Pessoal

Um dos grandes desafios apontados por ele no ramo da cozinha é poder formar a brigada, uma equipe que desempenhe com profissionalismo, sobretudo, carinho e amor para reproduzirem um serviço perfeito, mesmo sem a sua presença dentro da cozinha. 

Já esteve ao lado de grandes chefs como Érick Jacquin, um dos apresentadores do programa Master Chef Brasil, mas ele ressalta que para além do glamour que muitos alunos atrelam a profissão, exige muito trabalho duro para continuar prosperando com qualidade na área. 

Chefe de Cozinha - Iran Vivas
Érick Jacquin e Iran Vivas | Foto: Arquivo Pessoal

“A rotina do chef não é glamour. Todos os dias tem que lutar e tem que correr atrás, porque encontra percalços. É uma profissão como outra qualquer. Você tem que dar o melhor de si e a cozinha tem um hora que é extremamente exaustiva, por exemplo, muitas vezes quando eu vou ao resort eu pego pela manhã porque quero ver como está a saída e a preparação e depois a gente volta, tem o horário do almoço e do jantar”. 

Essa, parte fica restrita a mão na massa e Iran revela que ainda restam as outras etapas de gerenciamento, de responsabilidade, cuidados com a higiene, manipulação, escolha de alimentos e tudo isso demanda tempo, cuidado e atenção do profissional.

Chefe de Cozinha - Iran Vivas
Foto: Arquivo Pessoal

Com informações de Iasmim Santos do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Para esse chef eu dou nota 1000. Além de ser mestre na comida é um ótimo profissional como chefe como patrão como professor. Tive o prazer de trabalhar sobre os cuidados de Iran e nunca mim arrependi aprendi muito com ele. Parabéns Iran

Mais Notícias

Pontilhão

Feira de Santana

Pontilhão que liga os conjuntos Feira IX e Feira IV será reconstruído na próxima semana

A informação é do vereador Pastor Valdemir que, em pronunciamento na Câmara, comemorou a execução dos serviços pela Prefeitura na...

23/05/2024 às 17h04

Núcleo Agenda Bahia do Trabalho Decente

Feira de Santana

Núcleo da Agenda Bahia do Trabalho Decente é implantado em Feira de Santana 

A iniciativa do Governo do Estado, visa difundir os princípios do trabalho e obter contribuições para elaboração de políticas públicas....

23/05/2024 às 17h00

‘Café com Aroma de Cidadania’

Feira de Santana

Receita Federal incentiva doações para programas sociais através da declaração do Imposto de Renda; saiba como doar

O prazo para entrega do Imposto de Renda 2024 termina no dia 31 de maio.

23/05/2024 às 16h32

Lei Paulo Gustavo

Feira de Santana

Prefeitura promove oficina de elaboração de prestação de contas da Lei Paulo Gustavo no dias 4 e 5 de junho

As aulas vão ocorrer no Teatro Margarida Ribeiro. O primeiro dia da oficina, dia 4 de junho, será das 8h...

23/05/2024 às 15h51

Presidente do Conselho Tutelar - Antônio de Jesus Correia

Maio Laranja

Conselhos Tutelares apelam à sociedade que denuncie abusos sexuais a crianças e adolescentes

O presidente do Conselho número 2, Antônio de Jesus Correia, usou a Tribuna Livre da Câmara Municipal para falar sobre...

23/05/2024 às 15h26

Taxistas

Feira de Santana

Presidente do Sincaver responde sobre queixas feitas por associação na Câmara: ‘A vistoria é a mesma de 30 anos atrás’

Conforme Liomar Ferreira, as vistorias tem o objetivo de garantir conforto e segurança ao taxista, como também ao passageiro.

23/05/2024 às 12h08

image

Rádio acorda cidade