Feira de Santana

Dia da Pizza: conheça a história do empreendedor que deixou a PM para se dedicar a pizzaria

Presente em encontro de amigos, reuniões familiares, aniversários e comemorações, a pizza tem um lugar especial na mesa dos brasileiros.

10/07/2024 às 08h39, Por Daniela Cardoso

Compartilhe essa notícia

dia da pizza (1)
Foto: D’Nappoli

O Brasil é um dos maiores consumidores de pizza do mundo e por isso ganhou um dia só para ela, o dia 10 de julho. De acordo com a Associação de Pizzarias Unidas do Brasil, um milhão de pizzas são consumidas no país diariamente, nos colocando como segundo maior consumidor do mundo – atrás apenas dos Estados Unidos e a frente até mesmo da Itália, conhecida mundialmente como inventora desse prato.

📲 NOTÍCIAS: siga o canal do Acorda Cidade no WhatsApp

Presente em encontro de amigos, reuniões familiares, aniversários e comemorações diversas, a pizza tem um lugar especial na mesa dos brasileiros, que como o povo criativo que é, também inova nos sabores, incluindo no cardápio as pizzas doces.

dia da pizza
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Mas a pizza não tem um lugar especial somente para quem a consome, quem está do outro lado do balcão também reserva boas histórias proporcionadas por um dos pratos mais populares do Brasil. Esse é o caso do empresário Marlon Jullys. Ele é proprietário da pizzaria D’Nappoli, que atualmente tem três unidades em Feira de Santana.

Mas para contar a história do feirense Marlon, vamos voltar um pouco no tempo, afinal a relação com a pizza, começou ainda na infância dele e, tem um lugar especial reservado nas suas memórias afetivas.

“Eu era criança e minha mãe, Nice Lobo, em um período de bastante dificuldade na vida, começou a fazer e vender kits de pizza brotinho. Ela saía vendendo de porta em porta na rua para conseguir melhorar a condição de vida da nossa família. Então através do empreendedorismo e através do produto pizza foi que nossa vida foi alavancada naquele momento. É uma história marcante que me arrepio quando conto”, relembrou.

dia da pizza
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

E essa história marcou tanto que Marlon não deixou guardada apenas nas lembranças. Ela serviu de inspiração para ele mudar o rumo profissional da vida. Tudo começou em 2012, quando ele resolveu empreender no ramo de pizzaria, que já era familiar para ele, pois seus pais já comercializavam pizza na cidade. O empresário contou ao Acorda Cidade que sempre teve vontade de empreender e mesmo trabalhando em outro ramo, decidiu abrir sua própria pizzaria.

“Eu sou formado em Direito e durante 12 anos trabalhei como policial militar. Comecei a pizzaria em 2012, e conciliava a gestão com a carreira de policial e ainda com os estudos. Depois de um tempo decidi me dedicar apenas ao negócio e pedi uma aposentaria proporcional da Polícia Militar”, contou.

Pizza é conexão

dia da pizza (1)
Foto: D’Nappoli

Marlon destaca que o propósito da D’Nappoli é conectar as pessoas e ele sabe que nada melhor do que uma pizza para celebrar momentos ao lado de pessoas especiais. Ele lembra que a pizza é um dos poucos alimentos que sempre é compartilhado.

“Muito raramente alguém come uma pizza sozinho, você sempre convida alguém para compartilhar, então pizza é conexão. Ela está sempre presente em vários momentos e comemorações da vida da gente”, destacou.

Variedade de sabores e combinações

Que o brasileiro é um povo criativo, todo mundo já sabe e a variedade de sabores de pizza que existe no mercado é uma prova disso. Mas você já imaginou comer uma pizza que se chama viagra? Aqui em Feira de Santana é possível experimentar.

“Acredito que esse seja o sabor mais inusitado que tem aqui na nossa cidade. Olha só a combinação: muçarela, calabresa, amendoim, ovo de codorna e pimenta calabresa. O pessoal gosta muito. Esse sabor vende na pizzaria Lobo, que é da minha família”, disse.

dia da pizza (1)
Foto: D’Nappoli

Mas apesar de toda a variedade e criatividade nos sabores, a pizza mais pedida pelos feirenses na pizzaria D’Nappoli, acompanha o gosto nacional: o sabor de calabresa. Porém Marlon lembra que na D’Nappoli, as pizzas sempre têm um diferencial.

“A gente sempre busca oferecer aos clientes produtos diferenciados. Um exemplo é o Molho da Mama, que é artesanal, 100% natural e que é receita da minha mãe. Nosso objetivo é entregar experiência com atendimento e sabores diferenciados”, disse.

dia da pizza (1)
Foto: D’Nappoli

Nome da pizzaria

Pensando em todos os detalhes, o nome da pizzaria D’Nappoli foi criado com influência do país berço da pizza. De acordo com o empresário Marlon, o nome D’Nappoli é em referência a cidade italiana Nápoles, que fica no sul da Itália e, foi onde nasceu a pizza.

Dores e delícias de empreender

Como todo empresário, Marlon sabe bem as dores e as delícias de empreender. Ele afirma que a pizzaria é uma realização e um desafio diário, que ele procura transformar em oportunidades, sempre com o auxílio da esposa, Veronica Abreu, que é sua sócia.

“Acredito que empreender liberta e por isso decidi viver de empreendedorismo. Aqui a gente enfrenta desafios diários. Mas o maior desafio que passamos foi no período da pandemia. Tínhamos uma loja física que demandou grande investimento e a gente teve que encerrar a operação. Mas diante das dificuldades sempre surgem grandes oportunidades e hoje temos três unidades e contamos com 32 funcionários”, afirmou.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade