Feira de Santana

Buraco causa transtornos na Praça do Tropeiro

De acordo com comerciantes a situação completou seis meses.

14/06/2022 17h37, Por Kaio Vinícius

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Foto: Ney Silva/ Acorda Cidade

Um buraco nas imediações da Praça do Tropeiro, ao lado do Centro de Abastecimento, em Feira de Santana, está há seis meses causando problemas constantes para motoristas, comerciantes e pedestres que circulam pelo local. A cratera fica em frente a um ponto de ônibus, na Rua Manuel Mathias, centro da cidade.

Foto: Ney Silva/ Acorda Cidade


Devido ao tamanho da irregularidade no piso, os motoristas de ônibus relatam que precisam parar o coletivo no meio da rua, o que tem levado transtornos ao trânsito. Devido a localidade ser fiscalizada por videomonitoramento, essas paradas, têm gerado multas para os motoristas.

“É complicado por que quando está chovendo, a gente não enxerga o buraco, só agua e aí quando a gente estaciona para pegar o passageiro a câmera aqui atrás regista e aí somos multados. Várias multas já chegaram à empresa”, disse Darlan Brito, motorista da empresa Rosa, ao Acorda Cidade.

Foto: Ney Silva/ Acorda Cidade

Ele salientou que o trânsito também fica complicado com a carga e descarga de mercadorias dos estabelecimentos próximos e vans também ficam paradas.

“Já tem mais de seis meses isso aqui. A empresa já fez reclamação mas não resolve” destacou.

Foto: Ney Silva/ Acorda Cidade

Em entrevista ao Acorda Cidade, a vendedora de milho Creuza dos Santos, que trabalha na praça, disse que sempre que chove os carros respigam água e lama nas pessoas.

“Molha tudo, não fica é nada e temos prejuízos. É preciso que reforme tudo, tapem os buracos com urgência” disse a autônoma.

Foto: Ney Silva/ Acorda Cidade


De acordo com o comerciante Alan Santos, já foram enviados diversos vídeos para a Prefeitura de Municipal, porém sem resolução. Ele relatou ainda que a irregularidade no piso é motivo de acidentes constantes de pedestres, ele mesmo já torceu o pé no buraco.

“Nós somos prejudicados, porque os ônibus param no meio da rua, às vezes tapam a visão da gente. Pessoas que vem passando aí e se acidentam diretamente nesse buraco, eu também já torci o pé. Além disso, quando chove os carros passam e sujam as pessoas de lama, falta de respeito para os cidadãos”, contou.

O Acorda Cidade está em contato com a Superintendência Municipal de Obras e Manutenção (Soma) e aguarda o retorno.

Com informações do repórter Ney Silva do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade