Feira de Santana ocupa 3º lugar na geração de emprego

O Estado da Bahia registrou o melhor saldo do Nordeste para o mês de março, para o trimestre e para acumulado dos últimos 12 meses.

22/04/2010 às 11h16, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

O Estado da Bahia registrou o melhor saldo do Nordeste para o mês de março, para o trimestre e para acumulado dos últimos 12 meses, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego. Além disso, ocupou a sétima posição no ranking nacional. A Bahia obteve também o segundo melhor março da série histórica, sendo superado apenas pelo ocorrido em março de 2008 que foi de 10.595 empregos.

Em março de 2010 foram criados 10.226 empregos celetistas impulsionados pelos seguintes setores: Construção Civil (4.348 postos), da Indústria de Transformação (3.146 postos), de Serviços (2.033 postos) e da Agropecuária (1.121 postos). A agropecuária apresentou saldo de 1.121 empregos com destaque para o cultivo do café que foi responsável por 947 postos desse total. O comércio, contudo, registrou queda de 723 postos de trabalho.

Dentre os municípios com mais de 30 mil habitantes, Feira de Santana ocupou a terceira posição com 1.074 empregos, em segundo ficou Camaçari com 1.470 e em primeiro lugar ficou Salvador com 2.663 empregos.

Em março, foram criados no Brasil 266.415 novos empregos. O resultado marca o terceiro mês consecutivo de recorde de geração de empregos. Com isso, o país tem o seu melhor primeiro trimestre da história em geração de empregos, com 657.259 novos postos de trabalho abertos. Segundo o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, que anunciou os números na quinta-feira (15), o mês de abril poderá registrar o maior número de empregos gerados na história do país. As informações são da Secom.

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade