Feira de Santana

Júri simulado na Uefs aborda o caso dos exploradores de cavernas

A atividade, aberta à comunidade, integra os conteúdos da disciplina Hermenêutica Jurídica, ministrada pelo professor Agenor Sampaio Neto.

04/07/2024 às 15h13, Por Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

Júri Simulado
Foto: Divulgação

Cinco pesquisadores ficam soterrados numa caverna durante atividades profissionais. Chega para eles a notícia de que o socorro será tardio e que todos morrerão de fome. Mas, decidem que um deverá ser sacrificado para servir de alimento para os demais. Os sobreviventes deverão ser absolvidos ou condenados por assassinato e canibalismo?

📲 NOTÍCIAS: siga o canal do Acorda Cidade no WhatsApp

Essa situação, baseada na obra ‘O caso dos exploradores de caverna’, do jurista e escritor norte-americano Lon Fuller, será tema de júri simulado do curso de Direito da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), no próximo dia 8 de julho (segunda-feira), a partir das 18h, no Anfiteatro do campus universitário. A atividade, aberta à comunidade, integra os conteúdos da disciplina Hermenêutica Jurídica (semestre 2024.1), ministrada pelo professor Agenor Sampaio Neto. O livro ‘The case of the speluncean explorers’ foi publicado nos Estados Unidos em 1949 e no Brasil em 1976. Costuma ser utilizado como obra introdutória nos cursos de Direito no mundo inteiro. Discute o conflito entre a interpretação literal das leis e sua adequação a cada caso concreto.

Professor Agenor Bonfim
Foto: Arquivo Pessoal

Segundo Agenor Sampaio, o hoje discente e futuro Jurista no exercício da atividade jurídica maneja diuturnamente a argumentação e a retórica através de debates orais. Então essa atividade de caráter prático na forma de um Júri Simulado capacitará o futuro Jurista para um melhor domínio da arte da argumentação e da retórica, indispensáveis na formação de um jurista com elevada capacidade técnica e prática.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade