Política

‘Eu não posso usar o meu Viagra, pô?’, questiona Mourão

O vice-presidente explicou como funciona a aquisição de medicamentos pelas Forças Armadas.

14/04/2022 16h43, Por Maylla Nunes

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou, nesta quinta-feira (14) que a repercussão sobre a compra de 35 mil comprimidos de Viagra pelas Forças Armada é ‘exagerada’.

“Então, tem o velhinho aqui [aponta para si próprio]. Eu não posso usar o meu Viagra, pô?”, questionou Mourão em entrevista ao jornal Valor Econômico “O que são 35 mil comprimidos de Viagra para 110 mil velhinhos que tem? Não é nada”.

Na conversa, o vice-presidente explicou como funciona a aquisição de medicamentos pelas Forças Armadas.

“Vamos colocar como funciona o sistema de saúde do Exército: um terço é recurso da União, que é o chamado fator de custo, é a contrapartida da União para os militares. E dois terços é o fundo de saúde que é bancado pela gente”, pontuou.

“Eu desconto 3% do meu salário para o fundo de saúde. E todos os procedimentos que eu faço a gente paga 20%, além dos 3% que ele desconta. Nós temos farmácias. A farmácia vende medicamentos. E o medicamento é comprado com recursos do fundo”, acrescentou.

Fonte: Bahia.Ba

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade