Cuidado com os Pets

Confira dicas essenciais para viajar com seu pet

Planejamento e cuidados para uma viagem segura e tranquila com seu companheiro querido de quatro patas. Confira!

04/07/2024 às 08h14, Por Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

cachorro
Foto: Freepik

Levar o pet junto durante as viagens tornou-se uma opção cada vez mais comum. No entanto, viajar com animais requer planejamento e cuidados específicos para garantir o bem-estar do seu companheiro de quatro patas durante toda a jornada. Conheça dicas valiosas para uma viagem segura e tranquila com seu pet.

📲 NOTÍCIAS: siga o canal do Acorda Cidade no WhatsApp

Viajar com animais de companhia envolve um planejamento cuidadoso e atenção a algumas normas e precauções para garantir o bem-estar e a segurança durante todo o trajeto, conforme explica a médica veterinária e docente da Estácio, Julianna Ferreira de Azevedo:

AVIÃO: “Viajar de avião com seu pet envolve seguir rigorosas normas das companhias aéreas e regulamentos internacionais, especialmente se a viagem for internacional”, destaca Julianna. “Deve-se atentar para:

  • Documentação necessária: Certifique-se de ter a carteira de vacinação atualizada e um atestado de saúde emitido por um veterinário registrado no Conselho Regional de Medicina Veterinária. Esses documentos devem estar de acordo com as exigências específicas da companhia aérea e do país de destino, se aplicável.
  • Reserva antecipada: É essencial reservar o transporte para seu pet com antecedência. Se ele viajar na cabine, a caixa de transporte (kennel) deve atender aos requisitos de tamanho e segurança da companhia, podendo ser acomodada sob o assento à sua frente. Para viagens no porão, a kennel deve ser adequada ao tamanho do animal e às normas da companhia aérea.
  • Idade mínima: Geralmente, os pets devem ter pelo menos 6 meses de idade para viajar de avião. Verifique as políticas específicas da companhia aérea, pois algumas podem ter requisitos adicionais.
  • Regras internacionais: Em viagens internacionais, países podem exigir a microchipagem do animal e vacinações específicas, além de exames como a Titulação de Anticorpos Neutralizantes contra o Vírus da Raiva.”

ÔNIBUS: “Embora menos comum, algumas empresas de ônibus permitem a viagem de pets sob certas condições”, explica Julianna. “As principais regras incluem:

  • Documentação de saúde: Assim como no avião, seu pet deve ter uma carteira de vacinação atualizada e um atestado de saúde emitido por um veterinário. A validade deste atestado pode variar entre estados brasileiros, sendo 10 dias em viagens entre estados e até 30 dias no estado do Paraná.
  • Limite de pets: Verifique com a empresa de ônibus o limite de animais permitidos por viagem. Em alguns casos, apenas um animal é permitido por viagem, sendo necessário organizar horários separados para a família se houver mais de um pet.
  • Caixa de transporte: O animal deve ser transportado em uma caixa de transporte adequada durante toda a viagem. Isso garante a segurança do pet e evita desconfortos durante o percurso.”

CARRO: “Viajar de carro oferece mais flexibilidade, mas requer atenção aos detalhes para garantir o conforto e a segurança do seu pet”, aconselha Julianna. “Alguns pontos importantes incluem:

  • Documentação e vacinação: Mesmo em viagens de carro, é essencial ter a carteira de vacinação em dia e um atestado de saúde recente do seu veterinário. Isso é importante não apenas para cumprir as exigências legais, mas também para garantir que seu pet esteja em condições ideais para a viagem.
  • Cinto de segurança: Embora não seja obrigatório, o uso de cinto de segurança próprio para pets é altamente recomendado. Isso evita que o animal se machuque em caso de freadas bruscas ou acidentes.
  • Cuidados durante a viagem: Para evitar enjoos, é recomendável não alimentar seu pet pelo menos 3 horas antes do início da viagem. Ofereça água regularmente para manter a hidratação adequada.”

Cuidados Extras Durante a Viagem

Durante a viagem, ofereça água fresca regularmente e planeje paradas frequentes para permitir que o animal se exercite, estique as pernas e faça suas necessidades. Escolha locais seguros e tranquilos para essas paradas, garantindo que o pet não entre em contato com ambientes potencialmente perigosos ou desconhecidos.

É crucial controlar a temperatura e o conforto do ambiente onde o animal está alojado durante a viagem, evitando exposição a temperaturas extremas que possam afetar negativamente sua saúde.

Se o animal estiver em tratamento médico contínuo ou tiver necessidades especiais, certifique-se de levar consigo todos os medicamentos e suprimentos necessários, seguindo as orientações do veterinário quanto ao uso durante a viagem.

Verifique se a sua estadia aceita pets e oferece uma estrutura segura e confortável para seu animal. Telas nas janelas são essenciais se você estiver viajando com gatos.

Garanta que seu pet esteja usando uma coleira com identificação atualizada. Isso é crucial caso ele se perca durante a viagem.

Leve quantidade suficiente de ração, potes de água e comidas familiarizadas ao seu pet. Itens como caminhas e cobertores que tenham o cheiro do lar também ajudam a reduzir o estresse durante a adaptação ao novo ambiente.

Ao chegar ao destino, proporcione ao animal um período de adaptação gradual ao novo ambiente. Prepare um espaço seguro e familiarize-se com as áreas onde ele poderá permanecer, assegurando que o ambiente seja adequado às suas necessidades e livre de potenciais perigos.

Consulta Veterinária Prévia

Antes de qualquer viagem, é altamente recomendável agendar uma consulta veterinária. Seu veterinário poderá verificar a saúde do seu pet, recomendar vacinas adicionais conforme necessário e discutir medidas para reduzir o estresse durante a viagem. Animais mais ansiosos podem se beneficiar de medicações para tranquilizá-los, enquanto outros podem precisar de orientações específicas de alimentação e hidratação.

“Em resumo, viajar com seu pet requer planejamento detalhado e atenção às normas específicas de cada modalidade de transporte. Ao seguir estas dicas e cuidados extras, você garante não apenas o cumprimento das regulamentações, mas também o conforto e a segurança do seu melhor amigo durante toda a viagem”, conclui Julianna.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade