Em breve: Marcação de consulta pela Internet

Municípios da região, pactuados com a Secretaria de Saúde de Feira de Santana, poderão marcar consultas e exames através da Internet, dentro em breve.

10/09/2009 18h39, Por Dilton e Feito

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Municípios da região, pactuados com a Secretaria de Saúde de Feira de Santana, poderão marcar consultas e exames através da Internet, dentro em breve. Estes e outros benefícios disponibilizados através da implantação do Sistema Digital de Saúde foram apresentados a secretários municipais de Saúde e representantes de 22 cidades da microrregião, na manhã desta quinta-feira (10), durante reunião no auditório do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192).

Todo o funcionamento do Sistema de Saúde Digital, desde o cadastro dos pacientes, a entrada nas unidades de saúde e cada etapa do atendimento, a solicitação do exame, o atendimento pelo médico, serviços ministrados pela equipe de enfermeiros e auxiliares até a alta são monitorados pelo sistema informatizado, inclusive via Internet.

Outras vantagens, como o controle de tempo de espera pelo atendimento, a emissão de receita através do computador, o controle e baixa de estoque de medicamentos e a demanda por determinados serviços em cada unidade médica, de forma instantânea, possibilitando interferências com a relocação de profissionais da saúde para reforçar o atendimento, são algumas das possibilidades mostradas durante a reunião.

O técnico responsável pela implantação do sistema, que está sendo modelo em nível nacional, Verlânio de Menezes Gallindo, tirou dúvidas dos participantes do encontro sobre o funcionamento do Sistema de Saúde Digital que está revolucionando o atendimento aos pacientes na rede municipal de saúde em Feira de Santana. Revelou que com a implantação do sistema, ao invés do médico relatar no diagnóstico a suspeita da doença de caso aleatório, somente poderá colocar a doença que está no Código Internacional de Doenças (CID). “Além disso, o sistema não permite que a enfermeira libere o paciente. Esta atribuição é restrita ao médico”, explicou.

O secretário de Saúde, João Carlos Cavalcante, ressalta os avanços obtidos com a implantação do Sistema de Saúde Digital, pioneiro em Feira de Santana. Observa que gradativamente o sistema informatizado também será estendido às cidades pactuadas com Feira de Santana na área de saúde pública, possibilitando a marcação de consultas através da internet, na própria cidade de origem. “O paciente só vem a Feira de Santana para fazer o exame no dia marcado”, ressaltou.

Secom

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade