Eleições 2022

Jerônimo Rodrigues é eleito na Bahia e será o primeiro governador indígena do Brasil

Natural de Aiquara, na região do Médio Rio de Contas, Jerônimo Rodrigues é professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e também tem passagem na secretaria de Educação do Estado, durante o mandato de Rui Costa.

30/10/2022 às 19h47, Por Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

Foto: Divulgação

Jerônimo Rodrigues (PT) foi eleito governador da Bahia na noite deste domingo (30), no segundo turno das eleições de 2022, somando 52,79% dos votos válidos (4.480.464) contra 47,21% (4.007.023) de ACM Neto (União) com 100% das urnas apuradas, de acordo com informações divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O petista será o primeiro chefe do executivo estadual autodeclarado indígena da história do Brasil.

Com isso, a Bahia irá completar o quinto mandato consecutivo do PT na governadoria. A caminhada começou em 2006, quando Jaques Wagner (2007-2014) superou Paulo Souto (PFL) no primeiro turno das eleições. Jerônimo é o terceiro petista a assumir o cargo, sucedendo Rui Costa (2015-2022).

No primeiro turno, Jerônimo Rodrigues recebeu 4.019.830 votos (49,45%) contra 3.316.711 votos (40,80%) de ACM Neto, números que representam uma diferença de 703.119 votos.

Jerônimo aparecia atrás do ex-prefeito de Salvador nas pesquisas, mas vinha tendo uma curva ascendente nos últimos levantamentos realizados ainda no primeiro turno. O crescimento das candidaturas petistas nas últimas semanas das eleições também ocorreu durante a disputa do pleito de 2006, com vitória de Wagner no primeiro turno, e em 2014, com a eleição de Rui também em primeiro turno.

Natural de Aiquara, na região do Médio Rio de Contas, Jerônimo Rodrigues é professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e também tem passagem na secretaria de Educação do Estado, durante o mandato de Rui Costa.

Fonte: Bahia Notícias

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Quando for precisar da REGULAÇÃO faz o L , quando for assaltado da o L , quando infelizmente a droga adentrar sua casa faz o L quando faltar emprego faz o L ……

    1. Verdade. Quero ver se os que votam irão reclamar do futuro desgoverno dos próximos 4 anos. Porque o atual só ladeira abaixo. Quase 200 mortos na fila da regulação só aqui em Feira no primeiro semestre. Segurança pública um caos. Educação é a 2ª pior do país, só perde para a do Maranhão. Depois eles lembrem e façam o L. #vergonhoso

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade