Feira de Santana

Gincana do colégio Gastão Guimarães une esporte, cultura e educação

Os alunos também participam de uma prova social, que é a entrega de alimentos que serão doados a algumas instituições de Feira de Santana.

18/06/2024 às 10h47, Por Daniela Cardoso

Compartilhe essa notícia

Gincana Gastão Guimarães
Foto: Luiz Tito / Ascom IETIGG

‘Eu mudo o mundo junto com todo mundo’, esse é o tema da Gincana 2024 do colégio Gastão Guimarães, em Feira de Santana. O evento une esporte, cultura e educação, além de estimular a solidariedade e integração entre estudantes e professores. A gincana começa nesta terça (18) e segue até quinta (20).

A professora Virgínia Lima informou que a abertura contou com jogos de futsal, baleado, além de outras atividades. Os alunos também participam de uma prova social, que é a entrega de alimentos que serão doados a algumas instituições de Feira de Santana a exemplo da Casa Monsenhor Jesse, Associação de Apoio à Pessoa com Câncer (AAPC) e Creche Mãos Unidas.

“Essas são instituições que há alguns anos temos essa parceria e os alunos fazem questão de contribuir. Além disso teremos o festival da canção, de dança e poesia. Na quinta teremos um momento em que as equipes terão que apresentar uma coreografia junina com quase 50 componentes e depois teremos o forró, já que estamos no período junino”.

Além das atividades envolvendo esporte e cultura, a professora destacou o tema da gincana deste ano. Ela reforça a importância de cada um fazer a sua parte na construção de uma sociedade melhor.

“Cada um pode fazer sua parte e nós, enquanto escola, cada aluno na junção, podemos sim fazer uma diferença. É preciso dar o primeiro passo”, afirmou Virgínia Lima.

A diretora da escola, Alfreda Xavier também falou sobre a participação e importância da integração entre alunos, professores e coordenadores.

“É uma gincana totalmente pedagógica, com toda escola envolvida, e trazendo um tema bem interessante e criativo criado por todos da instituição”, afirmou.

Através de nota, a direção da Escola se pronunciou a respeito da inclusão de pessoas com deficiência, tanto nas atividades pedagógicas do dia a dia, quanto em momentos esportivos e culturais, a exemplo a gincana.

“Participar da gincana é escolha do estudante, não faz parte das atividades letivas obrigatórias, talvez, por isso, alguns estudantes escolheram não participar, estamos com intérpretes de Libras e cuidadoras durante todo o período da gincana a disposição dos alunos atendidos, enquanto instituição pública, asseguramos todo e qualquer direito dos nossos estudantes, fazemos e acreditamos numa educação pública de qualidade”, informa a nota.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Gincana onde os alunos especiais não foram mais uma vez incluídos e acolhidos, Como mãe de autista estão decepcionada e extremamente aborrecida. Gincana para poucos!!!!

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade