Enem 2022

Colégio Estadual Luiz Viana Filho promove aulões de preparação para o Enem 2022

O diretor chamou a atenção para a importância que o Enem tem na vida de um estudante.

27/05/2022 10h09, Por Gabriel Gonçalves

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Como forma de estimular os estudantes a realizarem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022, o Colégio Estadual Governador Luiz Viana Filho, localizado no bairro Cidade Nova em Feira de Santana, já começou a realizar os aulões preparativos para a prova, que será realizada no mês de novembro deste ano.

Ao Acorda Cidade, o diretor da unidade escolar, Eduardo Brito, explicou que o colégio possui turmas do 6º ano do Ensino Fundamental, até o 3º ano do Ensino Médio, e como forma de auxiliar os estudantes, o laboratório de informática, foi liberado para que os mesmos possam realizar as inscrições.

“Nós temos aqui 1.680 estudantes que vão do 6º ano até o 3º ano, e quando se fala de Enem, nós estamos preparando estes estudantes também do 6º ano, mas quando vai se aproximando das provas, nós focamos esta preparação junto com os professores, aos estudantes do 3º ano. Para que as pessoas tenham uma ideia, nós temos aqui somente pela manhã, quatro turmas do 3º ano, uma turma pela tarde e mais uma turma à noite, com cada turma tendo aí uma média de 45 estudantes. Muitos destes, moram em distritos, não possuem acesso à internet para realizar a inscrição, então disponibilizamos o nosso laboratório para que eles, desde o período de solicitação de isenção, fizessem o cadastro, e agora todos eles, já estão realizando as inscrições”, explicou.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

O diretor chamou a atenção para a importância que o Enem tem na vida de um estudante.

“O Enem é o processo que nós temos hoje, para ter acesso ao Ensino Superior ou até técnico. Alguns cursos técnicos também analisam a nota dos estudantes no Enem. Esses jovens ao terminarem a educação básica, ao terminarem o Ensino Médio, eles têm que ir para o mercado de trabalho, e o mercado de trabalho exige que tenha formação, daí a nossa motivação para que eles se preparem para o Enem e também façam parte desse processo”, destacou.

Pela segunda vez realizando o exame, Janice Silva Gomes, 18 anos, já está finalizando o 3º ano. Segundo ela, os estudos serão focados para obter uma ótima nota da prova da redação.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Eu fiquei muito nervosa quando fiz a prova pela primeira vez, mas agora que já tenho essa experiência, irei focar nos meus estudos para ter uma ótima nota na redação. Já fiz a minha inscrição no primeiro dia e quero ter um bom resultado para tentar a vaga em uma faculdade particular e conseguir uma bolsa de estudos através do Enem. Atualmente eu estudo pela manhã, trabalho pela tarde, mas a noite, eu volto a estudar, principalmente com os módulos que o próprio colégio disponibilizou, além de participar das aulas de redação que estão acontecendo dia de sábado”, disse.

Professora de Química e Biologia, Maise Araújo, contou à reportagem do Acorda Cidade que os assuntos tratados em sala de aula, servem como uma simulação para os estudantes que irão realizar a prova do Enem.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“A gente tem as tarefas dos professores e tenta trazer um pouquinho nas nossas aulas, alguns conteúdos que são trabalhados no Enem. Na minha disciplina, eu tento trazer algumas questões do Enem para que os meninos consigam ir se habituando com o modelo do Enem. Aqui na escola temos a sala de informática, onde os alunos que não possuem acesso em casa, podem fazer a inscrição, contam também com o apoio da secretaria escolar e a gente se coloca em disposição deles, para tirar todas as dúvidas à respeito do exame”, contou.

Como dica, a professora Maise explicou que os estudantes devem focar os estudos também, além da redação, nas matérias direcionadas para o curso que desejam fazer.

“Quando os estudantes querem fazer algum curso da área de humanas, a gente orienta para que eles possam estar se dedicando para essa área, que eles possuem o interesse. Se for para a área de saúde, já indicaria a área de Ciências da Natureza, se for na área de linguagens, a gente indica para reforçarem essa parte de linguagens, sempre a gente reforça a importância da interpretação de texto, embora sejam diferente as disciplinas, a gente entende que qualquer tipo de prova, a interpretação de texto é vital para que eles consigam fazer uma boa prova. A professora Nadja começou essa atividade de revisão com provas de redação, ela fez um aulão, e desde muito tempo, ela tenta trabalhar com os meninos essa parte da redação do Enem, da leitura, da escrita, da interpretação de texto. Em outros anos ela já fez alguns trabalhos parecidos e neste ano, começou a fazer aqui na escola os aulões para o Enem”, concluiu.

Através das notas obtidas na prova, o participante pode garantir vaga em instituição de Ensino Superior pública ou privada.
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade