Feira de Santana

Após redução de impostos, preço dos combustíveis começa a baixar em Feira de Santana

O motorista Bruno Mendes disse que ficou surpreso com a redução no valor da gasolina, mas acredita que o preço deve baixar ainda mais.

01/07/2022 17h28, Por Acorda Cidade

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Após as constantes elevações nos preços dos combustíveis em Feira de Santana, assim como em todo o Brasil, o preço do litro da gasolina no município teve uma queda de R$ 0,60 nesta sexta-feira (1°), reduzindo dos R$ 7,92 em alguns postos para R$ 7,34.

O etanol, que antes custava em média R$ 6,12 também baixou e agora é comercializado por R$ 5,64, uma redução de R$ 0,48 em alguns estabelecimentos. Já o óleo diesel comum, que era vendido a R$ 8,02, agora custa R$ 7,77 o litro.

A redução no preço dos combustíveis deixa proprietários de veículos e motocicletas mais aliviados, pois já começam a sentir os efeitos das medidas adotadas pelo governo para zerar as alíquotas da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE) e do PIS/Cofins, a fim de conter a inflação dos produtos derivados do petróleo no país.

O trabalhador autônomo Oberlan Santos comemorou a redução e aproveitou para encher o tanque da motocicleta.

“Do jeito que está o custo de vida hoje, a inflação lá em cima, se baixar é melhor. Uso meu transporte para trabalho e duas vezes na semana eu completo o tanque. Hoje pelo preço deu para economizar de R$ 3 a 4 reais”, afirmou em entrevista ao Acorda Cidade.

O motorista Bruno Mendes disse que ficou surpreso com a redução no valor da gasolina, mas acredita que o preço deve baixar ainda mais.

O gerente de um posto de combustíveis na Avenida Presidente Dutra, Edcarlos Neres, destacou que os postos de combustíveis irão repassar as reduções de acordo com os valores praticados pelas companhias, que têm um estoque regulador e à medida que recebem o produto com valor menor vão repassando para os postos até chegar aos consumidores.

Lembrando que o Congresso Nacional aprovou na semana passada a Lei Complementar 192/2022 que limita a cobrança do Imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual, intermunicipal e de comunicação (ICMS) sobre os combustíveis nos estados, impedindo-os de cobrar taxa superior à alíquota geral do imposto, a qual varia entre 17 e 18%.

Diante disso, nesta sexta-feira (1º), o governo da Bahia anunciou nova redução nas bases de cálculo do ICMS sobre os combustíveis. No entanto, de acordo com o estado, as bases de cálculo do imposto estadual estavam congeladas desde novembro de 2021.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. Paulo disse:

    O preço da gasolina era pra ser 6,00 reais,o etanol 4.50 e o diesel 5,60.

  2. Ana Cristina disse:

    Grande redução!! Do jeito que fala parece até que foi uma redução significativa. Há três semanas atrás já estava este valor. Só fez voltar ao que estava já muito caro. Acima de 5 já é muito caro.

  3. Marcone Santiago disse:

    Agora interessante, quando é redução tem que esperar o próximo pedido chegar , todavia quando é aumento é na mesma hora que anuncia no jornal da noite. Será que nenhum um órgão policial ver isso ???? Inadmissível essa prática antiquária.

  4. Daniel disse:

    Só trouxa pra cair nessa balela, o valor só voltou ao que era a um tempinho atrás, não tem nada barato, e muita piada isso, abaixou oque rapaz? Esses valores estão baixos? Gasolina deveria custar hj 4,50 litro
    Álcool 3,00
    Diesel 4,00

    Esse e o valor que hj a grande maioria poderia respirar aliviado… Conta outra!!!!

  5. Thaylane disse:

    Nada de baixa de combustível.Apenas estratégia do Bolsonaro,para tentar se reeleger nas eleições.Infelizmente,muitos caem nessa conversinha.Esperou até o fim do governo,para começar a dizer q tá fzndo algo.Pq até então,só governou p empresários.
    Me poupe
    Nos poupe

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade