Fiscalização

Projeto aumenta a fiscalização sobre desmontagem de veículos

Proposta reduz a validade do registro da empresa de desmontagem dos atuais cinco anos para dois anos.

24/07/2023 às 16h10, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

O Projeto de Lei 597/23 aumenta a fiscalização sobre os desmontes de veículos e eleva as penalidades aplicadas aos estabelecimentos envolvidos em infrações. O texto em análise na Câmara dos Deputados altera a Lei 12.977/14, que regula e disciplina a atividade de desmontagem de veículos automotores terrestres.

A proposta reduz a validade do registro da empresa de desmontagem dos atuais cinco anos para dois anos, após a primeira renovação, que continuará a ocorrer após um ano de atividade. A fiscalização, que hoje ocorre antes da concessão ou da renovação do registro, passará a ser obrigatória a cada seis meses.

Quando as forças de segurança identificarem alguma atividade criminosa contra o patrimônio no interior da empresa de desmonte ou de comércio de autopeças usadas, o delegado responsável pela ocorrência terá 48 horas para informar os órgãos municipais de trânsito e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Pelo texto, a eventual condenação com trânsito em julgado por crimes contra o patrimônio no interior de desmonte ou comércio de autopeças usadas acarretará a interdição e a cassação do registro de funcionamento da empresa, ficando ainda impossibilitada a realização da mesma atividade no imóvel por cinco anos.

“Os receptadores fomentam o roubo e o furto de veículos e, por isso, se faz necessária a rigidez na fiscalização nos desmanches, com a lacração e a perda do alvará de funcionamento caso existam peças ou veículos com queixa de roubo ou de furto”, disse o autor da proposta, deputado Delegado Palumbo (MDB-SP).

Adicionalmente, a proposta altera o Código de Trânsito Brasileiro no crime de causar poluição de qualquer natureza que possa prejudicar a saúde ou o meio ambiente. A pena deverá ser majorada para reclusão, de 2 a 7 anos, se o desmonte de carros descartar resíduos oleosos e graxas em local impróprio.

Tramitação
O projeto será analisado pelas comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois seguirá para o Plenário.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. os deputados criam todo tempos leis q pra nada servi leilões de veículos alimentam o crime ,e quem fiscaliza faz parte nunca vi um PM ser parado por está circulando com motos ou carros de sucatas piada

Mais Notícias

Vereador

Política

Vereador Pedro Américo propõe Plano de Adaptação à Mudança do Clima

Uma das iniciativas apresentadas pelo edil é a proposta de criação de auxílio financeiro para famílias prejudicadas por desastres naturais....

18/05/2024 às 09h16

Senador

Política

‘Geraldinho não é da tradição do lado de cá, mas está do nosso lado’, diz Wagner sobre vice-governador não ser de esquerda

"Otto Alencar não tem a tradição de esquerda, tem? E está aí com a gente. Outros que eu poderia citar...

18/05/2024 às 09h12

Dilton Coutinho, diretor do Acorda Cidade

Os parabéns de Dilton Coutinho

O aniversário de um campeão de audiência

Responsável com a notícia e, por isto, detentor de grande credibilidade, Dilton faz o seu trabalho com amor.

18/05/2024 às 09h04

Sessão Especial

Dia do Defensor Público

Sessão especial do Dia Nacional dos Defensores e Defensoras tem participação da ADEP

A presidente da Associação aproveitou ainda para solicitar o apoio dos parlamentares à causa dos defensores e defensoras.

17/05/2024 às 19h37

Ministro do STF

Política

Moraes suspende resolução do CFM que impedia procedimento usado em caso de aborto legal

Ministro viu indícios de que conselho ultrapassou lei e Constituição ao impedir 'assistolia fetal' em gravidezes acima de 22 semanas....

17/05/2024 às 17h18

Conselho Político da pré-campanha de Zé Neto lança movimento União por Feira para ouvir o povo sobre o futuro da cidade

Política

Conselho Político da pré-campanha de Zé Neto lança movimento União por Feira para ouvir o povo sobre o futuro da cidade

Presidentes municipais dos partidos que compõem a base, secretários de Estado, lideranças políticas e vereadores estiveram presentes.

17/05/2024 às 15h37

image

Rádio acorda cidade