Política

Plenário vota na terça reajuste anual de serviços prestados ao SUS

Os senadores devem votar ainda o texto substitutivo da Câmara dos Deputados ao projeto que cria a Política Nacional de Atenção Psicossocial nas Comunidades Escolares.

04/12/2023 às 11h05, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Foto: Senado Federal

Os senadores devem votar ainda o texto substitutivo da Câmara dos Deputados ao projeto que cria a Política Nacional de Atenção Psicossocial nas Comunidades Escolares.

O Plenário do Senado se reúne nesta terça-feira (5) para analisar o projeto de lei que estabelece a revisão anual do pagamento dos serviços privados oferecidos ao Sistema Único de Saúde (SUS). O início da sessão está previsto para às 14h. 

O PL 1.435/2022, da Câmara dos Deputados, recebeu parecer favorável do relator, senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), quando tramitou na Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

A proposta modifica a Lei Orgânica da Saúde (Lei 8.080, de 1990) para prever que, quando os recursos do SUS forem insuficientes, o sistema deverá recorrer aos serviços privados, em especial aos hospitais filantrópicos, para atender a população. O projeto estabelece que os valores pagos pelos suporte dessas entidades serão revistos anualmente, em dezembro, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). 

Atenção psicossocial

Os senadores devem votar ainda o texto substitutivo da Câmara dos Deputados ao projeto que cria a Política Nacional de Atenção Psicossocial nas Comunidades Escolares. O PL 3.383/2021, do senador Alessandro Vieira (MDB-SE), foi aprovado pelo Senado em fevereiro de 2022. Como o texto foi modificado pelos deputados com ajustes de redação, os senadores precisam deliberar sobre a matéria novamente. O Plenário precisa confirmar o texto substitutivo, que teve relatório de Veneziano Vital do Rêgo na Comissão de Educação (CE). 

O principal objetivo da proposta é promover a saúde mental de todos que integram a comunidade escolar — alunos, professores e demais profissionais que atuam na escola, pais e responsáveis. Para isso, estabelece medidas para informar a sociedade sobre a importância da saúde mental nas escolas e para garantir o acesso da comunidade escolar à atenção psicossocial. O texto também estimula a divulgação de informações científicas relativas aos cuidados psicológicos.

Entre as mudanças promovidas pelos deputados estão as que alteraram o mérito, como a que incluiu a promoção de ações, palestras e atendimentos direcionados à eliminação da violência entre os objetivos da política. Pelo texto original, essas atividades se restringiriam ao combate à violência contra a mulher.

A Câmara também inseriu no texto que as escolas deem publicidade ao plano de trabalho relacionado ao Programa Saúde na Escola e a articulação da Política Nacional de Atenção Psicossocial nas Comunidades Escolares com a Lei 13.935, de 2019, que dispõe sobre a prestação de serviços de psicologia e de serviço social nas redes públicas de educação básica.

Fonte: Agência Senado

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

ACM Neto defende revogação de portaria da 'aprovação em massa': 'Uma vergonha para nosso estado'

Política

ACM Neto defende revogação de portaria da 'aprovação em massa': 'Uma vergonha para nosso estado'

Para Neto, a diferença educacional entre escolas particulares e públicas já é abissal, o que prejudica a entrada dos jovens....

26/02/2024 às 21h31

Câmara aprova homenagens a várias categorias profissionais e também aos 40 anos do HGCA

Feira de Santana

Câmara aprova homenagens a várias categorias profissionais e também aos 40 anos do HGCA

Requerimentos propondo a realização dos eventos foram aprovados por unanimidade do plenário do Legislativo.

26/02/2024 às 19h27

"Só saímos em abril", diz vereador Lulinha sobre saída da suplência na Câmara Municipal

Política

"Só saímos em abril", diz vereador Lulinha sobre saída da suplência na Câmara Municipal

Lulinha (União Brasil) é suplente da atual Secretária da Mulher, Gerusa Sampaio.

26/02/2024 às 15h15

Lula evita comentar ato de apoio a Bolsonaro; Rui vê 'confissão' em fala do ex-presidente

Política

Lula evita comentar ato de apoio a Bolsonaro; Rui vê 'confissão' em fala do ex-presidente

Em coletiva de imprensa sobre moradia popular, no Palácio do Planalto, Lula foi questionado sobre manifestação de Bolsonaro e apoiadores...

26/02/2024 às 14h58

Vereador Zé Carneiro

Política

“Estou à disposição”, diz líder do governo da Câmara sobre intermédio na votação de pedido de empréstimo da prefeitura

"Ninguém quer dar cheque em branco na Câmara, queremos apenas que a presidente paute o projeto", completou José Carneiro.

26/02/2024 às 12h00

Silas Malafaia, à esquerda de Bolsonaro,

Política

Malafaia ataca Moraes e Barroso em ato de Bolsonaro na Avenida Paulista

Pastor participava de manifestação convocada pelo ex-presidente em meio às investigações sobre a tentativa de golpe de Estado.

26/02/2024 às 11h15

image

Rádio acorda cidade