Política

Governo enfrenta cenário adverso, mas crise é janela de oportunidade, diz Rui Costa

O Planalto vive uma semana difícil com a derrota da alternativa oferecida por Haddad à desoneração da folha para 17 setores da economia.

13/06/2024 às 12h18, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Rui costa PT ft gov
Foto: Mateus Pereira/GovBA

O ministro da Casa Civil, Rui Costa, está com o nome na boca do povo que circula entre o Congresso e o Palácio do Planalto em Brasília. Apontado como um dos focos de embate dentro da equipe de Lula e de entrave na articulação política, Costa é direto ao responder: “O que eu tenho efetivamente a ver com isso? Nada. Eu não cuido da articulação política.”

O ministro faz um diagnóstico pragmático do cenário enfrentado pela equipe de Lula. “O presidente enfrenta um cenário muito difícil.O governo anterior abriu mão de governar. O Congresso capturou 50% do Orçamento. Não há país no mundo que funcione dessa forma. É preciso chamar à reflexão disso. As chances de uma governança efetiva nesse modelo são pequenas”, diz.

O chefe da Casa Civil diz que a destinação de verba pública hoje está funcionando na modalidade “aerosol”, dispersa. “É uma política. Pulverizada. O dinheiro é pulverizado. E o que é o aerosol? Quando você olha, não vê nada.”

Com o governo acusado de pouca responsabilidade fiscal – e um mercado que faz muito preço e barulho em cima dessa imagem – Costa reage. “O governo tem cuidado de tapar os buracos que recebeu. Não tem grande benefício que tenhamos criado do zero. O que fizemos, e estamos fazendo, é tentar conter as várias frentes (de gastos).”

O Planalto vive uma semana difícil, com a derrota da alternativa oferecida por Fernando Haddad (Fazenda) à desoneração, regime de tributação diferenciada para 17 setores da economia.

Costa, apontado como crítico de Haddad internamente, se distancia do episódio, diz que nem no Brasil estava quando houve o embate com o Senado, e que a crise “abre também uma janela de oportunidade”.

“Empresários, Congresso e Fazenda têm agora de efetivamente encontrar uma saída para compensar a desoneração. É na negociação que vai resolver.”

Fonte: g1

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Muitos esperaram a salvação no governo Lula. Muitos iludidos pela velha imprensa, inclusive a Globo, Folha de São Paulo e pela militância de artistas ex-orfãos da Lei Rouanet e o apadrinhamento da Faria Lima. Enfim, uma lista de irresponsáveis que trouxeram de volta um governo ultrapassado e perdido nos gastos.
    Enquanto isso, a inflação corroendo já o pequeno poder de compra do povo brasileiro, aumentos e aumentos de impostos na cara lisa, para manter a festa no picadeiro chamado Brasília
    Um tiro no pé sem precedentes! Trocaram um governo técnico por meia dúzia de bananas.
    Já são 18 meses de país em decadência, fuga de investimentos estrangeiros.
    Essa é a cara do Brasil atual!

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade