Brasil

Em discurso na COP28, Lula critica dinheiro em guerras e cobra cumprimento de acordos

Presidente brasileiro apela para o resgate do multilateralismo e diz que ONU não consegue manter a paz.

01/12/2023 às 11h34, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Foto: Ricardo Stuckert/PR

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou o dinheiro dispensado em guerras e a falta de compromisso dos países em seguir os protocolos climáticos acertados anteriormente. A fala ocorreu na manhã desta sexta (1º), em discurso na sessão de abertura da COP28, em Dubai, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

“É preciso resgatar a crença no multilateralismo. É inexplicável que a ONU, apesar de seus esforços, se mostre incapaz de manter a paz, simplesmente porque alguns dos seus membros lucram com a guerra”, disse ele na conferência do clima da ONU.

“É lamentável que acordos como o Protocolo de Kyoto (1997) ou os Acordos de Paris (2015) não sejam implementados.”

De acordo com a Folha, Lula deve fazer um segundo discurso na COP28 nesta manhã, durante a plenária dos líderes. A agenda do presidente inclui também uma série de reuniões bilaterais, entre outras atividades. Ao todo, estão previstos 26 compromissos num intervalo de 32 horas.

O plano de ação para limitar o aquecimento global do Acordo de Paris inclui manter o aumento da temperatura média mundial abaixo dos 2°C em relação aos níveis pré-industriais e em tentar limitar o aumento a 1,5°C.

Já o Protocolo de Kyoto foi o primeiro tratado internacional para controle da emissão de gases de efeito estufa na atmosfera. Entre suas metas, estabelecia a redução de 5,2% na emissão de poluentes em relação a 1990, principalmente por parte dos países industrializados.

Conforme o jornal paulista, Lula cutucou seus pares dos países ricos ao questionar as reais intenções em relação ao uso de dinheiro. “Quantos líderes mundiais estão de fato comprometidos em salvar o planeta? Somente no ano passado, o mundo gastou mais de US$ 2 trilhões e 224 bilhões de dólares em armas”, afirmou.

“Quantia que poderia ser investida no combate à fome e no enfrentamento da mudança climática. Quantas toneladas de carbono são emitidas pelos mísseis que cruzam o céu e desabam sobre civis inocentes, sobretudo crianças e mulheres famintas?”,

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

ACM Neto defende revogação de portaria da 'aprovação em massa': 'Uma vergonha para nosso estado'

Política

ACM Neto defende revogação de portaria da 'aprovação em massa': 'Uma vergonha para nosso estado'

Para Neto, a diferença educacional entre escolas particulares e públicas já é abissal, o que prejudica a entrada dos jovens....

26/02/2024 às 21h31

Câmara aprova homenagens a várias categorias profissionais e também aos 40 anos do HGCA

Feira de Santana

Câmara aprova homenagens a várias categorias profissionais e também aos 40 anos do HGCA

Requerimentos propondo a realização dos eventos foram aprovados por unanimidade do plenário do Legislativo.

26/02/2024 às 19h27

"Só saímos em abril", diz vereador Lulinha sobre saída da suplência na Câmara Municipal

Política

"Só saímos em abril", diz vereador Lulinha sobre saída da suplência na Câmara Municipal

Lulinha (União Brasil) é suplente da atual Secretária da Mulher, Gerusa Sampaio.

26/02/2024 às 15h15

Lula evita comentar ato de apoio a Bolsonaro; Rui vê 'confissão' em fala do ex-presidente

Política

Lula evita comentar ato de apoio a Bolsonaro; Rui vê 'confissão' em fala do ex-presidente

Em coletiva de imprensa sobre moradia popular, no Palácio do Planalto, Lula foi questionado sobre manifestação de Bolsonaro e apoiadores...

26/02/2024 às 14h58

Vereador Zé Carneiro

Política

“Estou à disposição”, diz líder do governo da Câmara sobre intermédio na votação de pedido de empréstimo da prefeitura

"Ninguém quer dar cheque em branco na Câmara, queremos apenas que a presidente paute o projeto", completou José Carneiro.

26/02/2024 às 12h00

Silas Malafaia, à esquerda de Bolsonaro,

Política

Malafaia ataca Moraes e Barroso em ato de Bolsonaro na Avenida Paulista

Pastor participava de manifestação convocada pelo ex-presidente em meio às investigações sobre a tentativa de golpe de Estado.

26/02/2024 às 11h15

image

Rádio acorda cidade