Política

Com Dino favorito ao STF, PT já cogita Messias no Ministério da Justiça; veja outros cotados

Além do atual advogado-geral da União, Augusto de Arruda Botelho (secretário de Justiça) e Marco Aurélio Carvalho (advogado do Grupo Prerrogativas) disputam a futura vaga.

18/09/2023 às 11h30, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Com Flávio Dino favorito para a vaga de Rosa Weber no Supremo Tribunal Federal (STF), aliados de Lula vivem uma “guerra” nos bastidores pela vaga de titular no Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O MJ é uma das pastas mais importantes do governo e, sob seu guarda-chuva está, por exemplo, a Polícia Federal.

Se Lula confirmar Dino no STF, nomes como Augusto de Arruda Botelho (secretário de Justiça), Marco Aurélio Carvalho (advogado) e Jorge Messias (AGU) despontam como cotados para assumir o MJ – mas não sem disputa.

O favorito do PT, hoje, seria Messias – que, inclusive, é o nome favorito do partido para o STF.

Botelho é do PSB. Logo, a argumentação seria a de que sua escolha representaria uma continuidade da gestão Flavio Dino.

E Carvalho é um dos nomes mais próximos do presidente Lula como conselheiro jurídico. Ele coordena o grupo prerrogativas.

A expectativa do entorno de Lula é a de que ele defina o futuro da vaga de Rosa Weber junto com a escolha do novo PGR, quando voltar de viagem dos EUA.

‘Tô com cara de ministro do STF?’

No final de agosto, Dino brincou em entrevista ao Estudio i, na GloboNews, ao ser questionado se gostaria de ser ministro do STF. “Tô com cara de ministro do STF?”, questionou.

Dino é um dos nomes do campo progressista para sucessão presidencial. Como Lula deve ser candidato à reeleição, Dino trabalha com cenário a partir de 2030.

Se ele for para o STF e quiser disputar a presidência, terá de repetir movimento que já fez no passado, quando abandonou a carreira de juiz para virar político: nesse caso, portanto, abandonar a toga na Suprema Corte – o mais alto posto da magistratura.

Na mesma entrevista, Dino seguiu falando sobre o cenário de ir para o STF. Disse que seria uma “honra”, e seria como perguntar a um jogador de futebol se ele quer ir para a Copa. Mas negou que o tema tivesse sido tratado com ele junto a Lula.

Fonte: G1

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. A ida desse comunista do pc do b e atual ministro da justiça para o stf é o coroamento da instrumentação da corte no viés esquerdista como quer o orgulhoso comunista, *** e agora turista de luxo, é o país seguindo os passos de Cuba, Venezuela, Nicarágua, China e Coréia do Norte. Que Deus tenha misericórdia do Brasil.

  2. Quando a gente pensa que já viu de tudo…..aparece isto. Agora acabam de vez com o “tribunal”. Tudo a serviço do sistema. Só falta trocar dois….. vão infernizar ou catequizar??????

    1. Esqueça meu nobre. Acabou o tempo de incompetentes como o terrivelmente evangélico e Kassio com “K” ***. Agora só entra gente como “notório saber jurídico”, quer a direita raivosa goste ou não.

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade