Política

Bacelar sobe tom contra Isidório por ‘discurso homofóbico’

'Ninguém tem o direito aqui nesta tribuna de atacar um ser humano. Não é um leigo que vai dizer o que é doença', disse o deputado.

21/06/2022 12h16, Por Dilton e Feito

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Foto: Reprodução/Instagram

O deputado federal Bacelar (PV) subiu o tom na tribuna da Câmara nesta segunda-feira (20) ao condenar o que chamou de “discurso homofóbico” por parte do colega Pastor Sargento Isidório (Avante).

“Nenhum deputado tem o direito de subir nesta tribuna para atacar um segmento da sociedade brasileira. Vossa Excelência não é da OMS para dizer que orientação sexual é doença”, disse Bacelar, ao se referir a Isidório, presente no plenário.

“Quero repudiar veementemente as suas declarações. Respeito a sua orientação religiosa, dentro da sua igreja, do seu templo, Vossa Excelência pode ter a opinião que quiser, mas usar a tribuna para associar orientação sexual a marginalidade, usar a tribuna para dizer que pessoas da comunidade LGBTQIA+ são marginais, assassinos, que invadem aposento de outros clientes, não”.

“Ninguém tem o direito aqui nesta tribuna de atacar um ser humano. Não é um leigo que vai dizer o que é doença”, emendou.

Fonte: Política Livre

Compartilhe essa notícia

image image image image image image
Categorias Dilton e Feito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade