Polícia

Delegacias recebem segunda remessa de materiais de limpeza e EPI’s

Produtos de higiene, máscaras e luvas estão sendo entregues em unidades de Salvador, RMS e interior do estado.

17/04/2020 15h14, Por Rachel Pinto

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Acorda Cidade

A Polícia Civil da Bahia por intermédio do Departamento de Planejamento, Administração e Finanças (Depaf) vem intensificando o abastecimento de unidades com materiais de limpeza e equipamentos de proteção individual. Os kits são compostos por água sanitária, detergente, sabão líquido, álcool a 70%, máscaras descartáveis e reutilizáveis, além de luvas cirúrgicas descartáveis.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Os materiais estão sendo distribuídos para 86 unidades de Salvador e Região Metropolitana, além das 26 Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior (Coorpins), e a sede do Departamento de Polícia do Interior (Depin), na capital. O abastecimento acontece desde o início de março, priorizando as delegacias com maior fluxo de pessoas e aquelas localizadas em áreas com casos confirmados da Covid-19.

O delegado-geral, Bernardino Brito Filho, destaca a dificuldade de encontrar alguns produtos no mercado, como maior desafio. “Nossa preocupação é, entre as medidas de prevenção contra o coronavírus nas delegacias, manter os servidores protegidos. Como outras instituições, temos dificuldades em encontrar alguns itens, como máscaras e luvas, porém foi feita a aquisição e já estamos enviando essa segunda remessa para as unidades”, comentou.

O diretor do Depaf, delegado Gildécio Souza, explicou sobre as novas aquisições. “Estamos em processo de compra de termômetros, máscaras de vinil para proteção facial, que serão destinadas aos policiais que trabalham com a custódia de presos ou no Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc), além dos materiais de limpeza e proteção já em distribuição”, pontuou.

No interior da Bahia, as unidades com maior movimentação e localizadas em cidades onde existem pessoas contaminadas, estão sendo acompanhadas pelo Depin. O diretor, delegado Flávio Góis, fez questão de intensificar as entregas dos materiais.

Equipes da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati/Depin) estão indo às coordenadorias entregar os kits. “Neste momento reforçamos nosso apoio a cada servidor. O Depin itinerante tem essa missão, que neste momento, tem um foco especial na proteção aos nossos policiais e cidadãos em atendimento, nas unidades”, afirmou. 

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade