Reda

Candidatos pedem anulação da prova Reda da Prefeitura de Feira de Santana

Os participantes já haviam solicitado o cancelamento da avaliação que ocorreria, conforme a primeira publicação do edital, no dia 17. 

28/09/2023 às 18h07, Por Jaqueline Ferreira

Compartilhe essa notícia

Foto: Secom/Sara Silva

Candidatas do Processo Seletivo Simplificado para professor na rede municipal de ensino via Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), de Feira de Santana, relataram ao Acorda Cidade que a prova do concurso, realizada no último domingo (24), deveria ser anulada por apresentar novos erros no certame.

Os participantes já haviam solicitado o cancelamento da avaliação que ocorreria, conforme a primeira publicação do edital, no dia 17, e por isso foi reaplicada na semana seguinte.

Segundo as professoras que estiveram na Câmara de Feira de Santana na manhã desta quinta-feira (28) para buscar apoio, na primeira vez houve conteúdos fora do edital e pela segunda vez, as questões foram mal elaboradas. “A prova trouxe questões copiadas e coladas de outro certame, questões com o gabarito errado, questões de artigos aleatórias da internet, mais uma vez a gente está frustrado com essa banca”, afirmou. 

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Outra professora também reforçou que houve diversas irregularidades em um processo seletivo que foi aplicado em um curto período. “ A primeira prova foi anulada por não contemplar o edital, havia questões de portugues e matemática quando seriam somente de conhecimentos pedagógicos, isso no dia 17 de setembro, agora dia 24 de setembro que realizamos novamente mais de 3.000 inscritos e apenos 21 foram classificados, então estamos entrando com a petição para anulação dessa prova por conta da banca que realizou o exame”, declarou a candidata ao Acorda Cidade. 

Outra participante confirmou que mais erros continuam acontecendo após a prova e por isso estão tentando entrar com o pleito. “Estamos lutando pelos nossos direitos, tendo em vista de que essa banca cometeu inúmeras falhas e nós não podemos nos calar diante desses equívocos que aconteceram ao longo do processo e que ainda estão acontecendo, por exemplo, esse último agora tentamos recurso para pedir o espelho, mas não tem como porque já passou do período de solicitação”, avaliou.

Ainda segundo essa participante, na segunda-feira (2), às 21 pessoas aprovadas serão homologadas.

Adriana Oliveira é pedagoga. Ela entrou em contato com a empresa que realizou a aplicação da prova, mas ainda não teve retorno. 

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

“A prova deveria ser cancelada e a banca examinadora deveria ser outra, não a MS Concurso. Teve algumas questões que ainda não estão atualizadas, entramos em contato com a banca para que essas questões fossem anuladas e eles não anularam”, disse em entrevista ao Acorda Cidade. 

De acordo com a Secretária de Educação mais de 3.200 pessoas concorreram a 80 vagas para professor que atuarão por tempo indeterminado em turmas de Educação Infantil e nos anos iniciais. Segundo a pedagoga, os candidatos eram de diversas regiões do estado e tiveram que desembolsar valores para custear alimentação e passagens para participar do processo seletivo.

“A gente tá tentando fazer da melhor maneira possível, porque muita gente foi prejudicada. Teve pessoas que gastaram tudo que tinha e o que não tinha para fazer a prova, gente de todo o estado da Bahia, então para que ninguém saia perdendo, porque é um investimento grande, isso mexe com o emocional das pessoas. Se até um determinado momento a prefeitura não entrar em acordo, vamos acionar o Ministério Público”, declarou. 

Além disso, a professora contou que as escolas do município de Feira de Santana, estão precarizadas, faltam professores, auxiliares, pedagogos, mesmo assim o processo aberto teve poucas vagas e houve problemas com a aplicação das provas e a falta de atualização pela banca.

Para acessar o resultado parcial clique aqui.

Leia também:

Prova do Reda da prefeitura de Feira de Santana é cancelada

Veja o cronograma do Reda da prefeitura após cancelamento de prova; reaplicação será neste domingo (24)

Reda: divulgado gabarito preliminar da prova do processo seletivo para professor da rede municipal

Divulgado resultado parcial do Reda da Prefeitura para professor

Com informações dos repórteres Ney Silva e Paulo José do Acorda Cidade

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. So 21 passaram e por volta de 50% de acerto da prova, ou seja, PRECISAM SE PREPARAR MAIS. Nao é porque são 80 vagas que é so fazer a prova e passar.

  2. Estou de acordo com as minhas colegas ,queremos cancelamento dessa prova muito confusa . No cartão de resposta nem a data foi alterada continuou sendo dia 17 de setembro . Fora os gastos que tivemos . E como de 80 vagas so 21 pessoas passaram .

  3. Complicado
    A prova demandou interpretação. Infelizmente resolvendo a prova em casa me deparei com a falta de interpretação de algumas questões no momento da prova
    Força meu povo!
    Vamos estudar para o próximo

  4. Perfeita a decisão das candidatas.E ainda teve um erro grosseiro que ninguém reivindicou que foi a data na folha de resposta da segunda aplicação da prova, que estava com a mesma data da folha de resposta da primeira aplicação oi seja a do dia 24/09/23 estava com a data do dia 17/09/23. Os organizadores disseram que foi erro de digitação. Conclusão é que eles ficaram com a nossa folha de resposta dia com a nossa assinatura (da maioria) da primeira aplicação que aconteceu realmente no dia 17/09/23, como a banca já se mostrou desorganizada, que garante que não possa haver fraude já que eles têm.folhas de respostas de candidatos assinada e em branco. Põe em dúvida a lisura do processo seletivo.

  5. Quando abrirem REDA o povo tem que deixar de se inscrever. É muita falta de respeito com os candidatos. Duas vezes o mesmo problema… Parece brincadeira.

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade