CEF libera FGTS para famílias vítimas das chuvas

A Caixa Econôminca Federal (CEF) informou nesta sexta-feira (9) que liberou o saque de FGTS para as famílias atingidas pelas chuvas no estado do Rio de Janeiro.

09/04/2010 às 16h13, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

A Caixa Econôminca Federal (CEF) informou nesta sexta-feira (9) que liberou o saque de FGTS para as famílias atingidas pelas chuvas no estado do Rio de Janeiro desde a última segunda-feira (5). A CEF anunciou ainda uma série de ações de auxílio às vítimas. Em todo o estado, segundo a Defesa Civil, são mais de 11 mil desabrigados. Os desalojados somam mais de 40 mil na tragédia, que já deixou 192 mortos.

Além das medidas que serão implementadas, o Superintendente Nacional de Atendimento, Elicio Lima, reforçou a disponibilidade da CEF em ajudar as famílias vitimadas, colocando à disposição dos governos estaduais e municipais das regiões atingidas pelas enchentes o orçamento existente para projetos habitacionais e também a equipe técnica do banco.

Dentre as ações anunciadas que fazem parte da política de apoio a calamidades criada pela Instituição, estão o pagamento de FGTS – o atendimento às vítimas será priorizado em todas as agências, tão-logo sejam cumpridos os trâmites legais para a liberação. O serviço poderá ser efetuado em horários e locais especiais, em articulação com o poder público.

A CEF também terá a abertura de uma conta (0199.006.2010-1) para recebimento de depósitos, em qualquer agência, casas lotéricas e correspondentes bancários, bem como transferência pela internet. Terá ainda o funcionamento de uma Central de Telemarketing (0800-7260101) para prestar informações sobre o recebimento de donativos e FGTS e fará emissão gratuita de CPF para as populações atingidas, entre outras.

A Caixa informou também que haverá a priorização dos projetos do Programa Minha Casa Minha Vida que beneficiem as localidades atingidas pelas enchentes.

Prefeitura do Rio libera R$ 125 milhões

Também nesta sexta (9), em medida emergencial, cerca de R$ 125 milhões foram liberados pela prefeitura do Rio para que secretarias municipais possam realizar obras que aplaquem os estragos causados pelas chuvas que atingem a cidade desde segunda-feira (5).

Seis secretarias foram beneficiadas com a verba municipal. São elas: Saúde e Defesa Civil, Obras, CET-Rio, RioLuz , GeoRio e Meio Ambiente.

De acordo com a Defesa Civil Municipal, os locais mais afetados ficam próximos a encostas: Morro do Turano e Querosene, no Rio Comprido; Morro dos Prazeres, em Santa Teresa; Morro do Borel, na Tijuca; além da Estrada Grajaú-Jacarepaguá.

A prefeitura informou que a verba de R$ 125 milhões é um reforço para o caixa das secretarias municipais. O dinheiro faz parte do orçamento do município para o ano de 2010.

R$ 90 milhões do governo federal

Em entrevista coletiva nesta sexta (9), o prefeito Eduardo Paes informou que a verba de R$ 90 milhões, liberada pelo governo federal, já está sendo aplicada em obras de contenção de encostas e limpeza de rios. O prefeito não especificou os locais onde o dinheiro está sendo aplicado.

A prefeitura ainda aguarda a liberação de mais R$ 270 milhões, pedidos na quarta-feira (7), para realizar obras na Praça da Bandeira, Zona Norte do Rio.

Guarda Municipal do Rio já recebeu 15 toneladas de doações

Doações chegam a todo momento em vários postos de recolhimento, de instituições e empresas públicas e privadas, no Rio, em Niterói, São Gonçalo – as cidades mais afetadas por deslizamentos e enchentes -, e até em outros estados.

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-RJ) informou que já recebeu mais de 15 toneladas de doações. A campanha de arrecadação de donativos começou na terça-feira (6), e continua nas dez unidades da FM-RJ, que recebem as doações. As informações são do Correio.

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade