Casos de dengue reduzem em Feira

Os casos de dengue reduziram consideravelmente neste ano em Feira de Santana, em comparação com o mesmo período do ano passado.

23/04/2010 às 16h11, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Os casos de dengue reduziram consideravelmente neste ano em Feira de Santana, em comparação com o mesmo período do ano passado. Desde janeiro até 19 de abril foram confirmados 100 casos em Feira de Santana, enquanto no ano passado, entre janeiro e 30 de abril, foram 2.798 pessoas com dengue. No mesmo período de 2009 foram notificados 4.337 casos, e em 2010, 542 casos.

Neste ano, também foram registrados 93 casos de dengue clássica, dois de dengue hemorrágica e cinco com complicações. Já em 2009 foram 2.689 casos de dengue clássica, 89 com complicações, 19 hemorrágicos, um com a Síndrome do Choque da Dengue, 876 descartados, 660 inconclusivos e três em branco, com falta de dados. O coordenador do Programa de Controle da Dengue, Ciro Fernandes, afirma que os números deste ano estão controlados. No entanto, ele observa que isso não retira a responsabilidade do órgão em continuar com a Divisão de Vigilância Epidemiológica e com o programa de Controle da Dengue.

“Desde o ano passado nós reforçamos o número de agentes de endemias e conseguimos ter maior cobertura na visita nas casas. Nos três primeiros meses desse ano a quantidade de chuva foi menor que no ano passado, e como estão concentradas no mês de abril, nossa vigilância fica de olho nessa mudança”, ressalta Fernandes.

Segundo ele, é justamente o período de estiagem que é perigoso, quando o calor volta, e a proliferação do mosquito e a transmissão da dengue podem aumentar. A expecativa do coordenador do programa é que os números continuem diminuindo nos próximos meses, com o tempo frio no mês de maio. Os bairros Parque Ipê, Feira X, Tomba e o conjunto Viveiros têm maior notificação de dengue acumulada neste ano. “Mas não significa que são os bairros com o maior número de dengue. Temos uma equipe de educação e saúde que vão a esses bairros, realizam palestras e feiras de saúde para promover a saúde nesses bairros”.

De acordo com o secretário de Saúde, Rafael Pinto Cordeiro, as ações vão continuar no sentido de conscientizar a população, sobretudo no conjunto Viveiros. “Teremos um dia dedicado para trabalhar com as famílias desses bairros”, afirma. As informações são da Secom.

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade