Casa do Trabalhador oferece cursos profissionalizantes

19/03/2010 às 16h59, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

VEJA TAMBÉM:  AmBev aceita currículos para vagas até amanhã

Qualificação Profissional

Informática básica, auxiliar de escritório e vendedor-promotor informatizados, operadores de telemarketing e de empilhadeira, eletro-eletrônica, mecânica de máquinas e veículos automotivos, beneficiamento e aproveitamento de frutas, pedereiro, segurança do trabalho, costureira, além de formação de profissionais do lar, cabeleiro esteticista e artesanato são cursos analisados para serem oferecidos em 2010 pela Casa do Trabalhador, órgão da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Foto: Secom

Os cursos oferecidos são em parceria da Prefeitura de Feira de Santana com o Governo Federal e Governo do Estado, visando a qualificação e intermediação de mão-de-obra para o mercado de trabalho.

A discussão para a definição dos cursos, doze a cada ano, em caráter profissonalizante, começou na manhã desta sexta-feira (19), durante uma reunião entre dirigentes do órgão e integrantes da Comissão Tripartite e Paritária de Emprego. A pauta foi focada na identficação das áreas e funções que mais precisam de qualificação profissional, destacando-se os setores de construção civil, comércio, indústria e prestação de serviços.

De acordo com a cordenadora da Casa do Trabalhador, Graça Cordeiro, os cursos, que fazem parte do plano de trabalho através do convênio 148/2007 com o Ministério do Trabalho e Emprego, vão começar tão logo sejam definidos esses aspectos. Uma nova discussão acontece na próxima sexta-feira (26), na Casa do Trabalhador.

Mais de 400 pessoas desempregadas devem ser beneficiadas. Os cursos têm uma jornada superior a 100 horas. Mecânica e manutenção de máquinas e veículos automotivos e eletro-eletrônica, caso sejam confirmados, a exemplo do que aconteceu no ano passado, são os cursos com carga de 280 horas, carda.

A coordenadora informou que a Casa do Trabalhador, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), começou, no dia 8 deste mês, a ministrar outros três cursos de qualificação básica, beneficiando 150 pessoas que estão fora do mercado de trabalho. As aulas são de auxiliar de instalação predial, de segurança do trabalho e de almoxarife. Os dois primeiros cursos acontecem na Associação Comunitária do Bairro Capuchinhos, enquanto o de almoxarife é ministrado no Centro Municipal de Formação Profissional Juiz Walter Ribeiro Junior, no bairro Aviário. Cada turma é formada por 50 alunos.

Além disso, a Casa do Trabalhador pretende oferecer mini-cursos sobre higiene, saúde e segurança no trabalho, postura na apresentação para entrevista, elaboração de currículo, português e matemática, ética e cidadania, entre outros. Cada mini-curso tem duração de três horas. As informações são da Secom.

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade