Cartão eletrônico pode diminuir o número de assaltos a ônibus

O grande número de assaltos aos ônibus do transporte coletivo em Feira de Santana foi fator decisivo para a criação de um cartão eletrônico, a fim de diminuir a circulação de dinheiro dentro dos ônibus.  Só nos primeiros 15 dias do mês de agosto, 30 ônibus coletivos foram assaltados. O cartão eletrônico, denominado Passe Fácil, […]

03/09/2009 10h13, Por Dilton e Feito

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

O grande número de assaltos aos ônibus do transporte coletivo em Feira de Santana foi fator decisivo para a criação de um cartão eletrônico, a fim de diminuir a circulação de dinheiro dentro dos ônibus.  Só nos primeiros 15 dias do mês de agosto, 30 ônibus coletivos foram assaltados.

O cartão eletrônico, denominado Passe Fácil, pretende atender todos os usuários eventuais do transporte coletivo, que poderão adquirir créditos eletrônicos e não precisarão mais pagar a passagem com dinheiro.
O Passe Fácil pode ser utilizado por outra pessoa, além do usuário que efetuou o cadastro e fez sua aquisição, que é gratuita. O usuário precisa efetuar um cadastro nos terminais do sistema (Central, Norte ou Sul) tendo em mãos, RG, CPF e comprovante de residência.

Os guichês de atendimento para cadastro e compra de créditos eletrônicos para os usuários do Passe Fácil são exclusivos. O horário de atendimento é das 7:15h às 19:00h. Maiores informações no site www.sincolfeira.com.br.

Com informações Ascom/Sincol

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade