Feira de Santana

Carlos Geílson se filia ao Podemos e tem pré-candidatura a prefeitura de Feira lançada

O ato de filiação ocorreu na manhã deste sábado (1º) no auditório de um hotel e contou com a presença do líder do partido no Senado, Álvaro Dias, que é ex-governador do Paraná.

01/02/2020 15h15, Por Maylla Nunes

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Ney Silva e Daniela Cardoso

O radialista, ex-deputado estadual e Ouvidor-Geral do estado, Carlos Geílson, se filiou ao Podemos, partido que começa a se estruturar em todo o Brasil. O ato de filiação ocorreu na manhã deste sábado (1º) no auditório de um hotel e contou com a presença do líder do partido no Senado, Álvaro Dias, que é ex-governador do Paraná. O evento teve a participação de prefeitos de cidades da Bahia, vereadores, lideranças comunitárias, do deputado federal João Carlos Bacelar, entre outros.

Carlos Geílson, ao falar do ato de filiação, disse que a pré-candidatura dele ainda não foi oficialmente lançada. “Esse foi um ato de filiação e não o lançamento de uma pré-candidatura, mas o deputado Bacelar, entusiasmado, lançou o nosso nome e eu aceitei a missão e estou colocando meu nome a apreciação do povo de Feira como pré-candidato a prefeito. Fui deputado estadual, radialista, professor e aceito essa missão de caminhar ao lado do povo de Feira, ouvir os problemas da cidade e nessa construção poder chegar lá frente”, disse.

Geílson também assumiu presidência do Podemos em Feira de Santana e informou que está conversando com vários políticos para ter uma chapa competitiva para vereador em Feira de Santana. Ele destacou que a receptividade tem sido muito positiva. Além disso, o ex-deputado informou que já conversou com o governador Rui Costa na semana passada e que ele deu total incentivo, apostando em seu crescimento para concorrer a prefeitura de Santana e alcançar o segundo turno.

O deputado federal João Carlos Bacelar, que é presidente do Podemos na Bahia, explica o que representa a filiação de Carlos Geílson ao partido e o nome do ex-deputado para disputar a prefeitura de Feira. “Representa a possibilidade de Feira ter um prefeito que tem identidade com o povo da terra, de ter um prefeito que tem compromisso com gente, com a melhoria da qualidade de vida do povo. Trouxemos o líder nacional do partido, o senador Álvaro Dias, para que ele assinasse a ficha de filiação de Geílson, pois para o Podemos Feira de Santana é prioridade. Temos certeza que ele estará no segundo turno”, destacou.

João Carlos Bacelar falou ainda sobre os pontos que o fazem sempre marchar ao lado de Geílson. “A correção, a humildade, o companheirismo e a identidade de propósito, que é fazer uma administração transformadora que combata as desigualdades sociais. O podemos defendeu o nome de Carlos Geílson junto ao governador Rui Costa como candidato da base e está dando todo o apoio material para essa caminhada”, afirmou.

O senador Álvaro Dias afirmou que a filiação de Carlos Geílson é o fortalecimento do Podemos em Feira de Santana e na Bahia. “É uma expectativa de gestão pública competente e honesta, que o povo deseja, exige. Geílson será um porta-voz credenciado do programa do Podemos no Brasil, será o porta-voz para Feira das nossas ideias, dos nossos sonhos e esperanças em relação as mudanças que o país exige, que começam pelas cidades”, disse.

O senador também falou sobre o descrédito que os partidos políticos têm enfrentado no Brasil e disse que o Podemos é uma alternativa diferente na política brasileira. “O Podemos deseja ser uma ferramenta política para as mudanças que o país exige. Sabemos que há um desgaste muito grande das sigas partidárias, os partidos sofreram um enorme desgaste nos últimos tempos. A Operação Lava Jato chega a denominar alguns partidos de organizações criminosas e nós queremos recuperar a credibilidade do partido político no país. A democracia se consolida quando os partidos se fortalecem”, destacou.

Álvaro Dias ainda acrescentou a importância das eleições municipais para a mudança do Brasil. “A eleição pra prefeito deve ser destacada, pois se queremos mudar o Brasil, temos que começar mudando as nossas cidades. A mudança começa aqui e agora. Temos que ser insatisfeitos e não podemos nos conformar com a realidade que vivemos de dificuldades incríveis, de ausências de oportunidades, de desigualdade. A candidatura de Carlos Geílson é uma esperança de oportunidade para aqueles de Feira de Santana que buscam viver exercitando a cidadania em sua plenitude”.


  

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade