Cardiologia do HDPA ainda não está credenciada pelo SUS

Os servidos de cardiologia do Hospital Dom Pedro de Alcântara (HDPA) ainda não foram credenciados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

02/10/2009 às 11h28, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Os servidos de cardiologia do Hospital Dom Pedro de Alcântara (HDPA) ainda não foram credenciados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O atendimento nesta especialidade está sendo feito através da central estadual de regulação, mediante convênio firmado entre a Santa Casa de Misericórdia e a Secretaria de Saúde da Bahia. Os esclarecimentos foram feitos pelo provedor Outran Borges.

Em entrevista ao repórter Ney Silva, na manhã desta quinta-feira (02), Outran Borges esclareceu que o convênio assinado recentemente, com duração de oito meses, permite que pacientes de cardiologia, referenciados pelo Hospital Clériston Andrade e pela Central de Regulação e Marcação do Estado, possam ser atendidos no Instituto de Cardiologia do Nordeste da Bahia (ICNB).

O provedor da Santa Casa de Misericórdia lembrou que o convênio assegura o repasse de R$ 80 mil por mês (o valor total é R$ 640 mil) e não abrange cirurgias cardíacas ou colocação de marca-passos. São contemplados apenas os serviços de hemodinâmica, como cateterismos e angioplastia. Os outros serviços só serão oferecidos quando estiver funcionando o centro cirúrgico específico de cardiologia.

No final do prazo de validade do convênio, o ICNB deverá estar com seu Centro Cirúrgico pronto, para que possa ser credenciado ao SUS. Sobre a possibilidade do instituto utilizar a linha de crédito que está sendo disponibilizada pelo governo, Outran disse que a questão ainda está sendo discutida. A obra deverá ser feita pela empresa que explora o serviço, mas será incorporada ao patrimônio da Santa Casa.

Madalena de Jesus

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade