Feira de Santana

Caminhoneiros protestam contra horários de carga e descarga e restrições de circulação

Eles relatam que estão impossibilitados de trabalhar.

29/12/2021 10h15, Por Rachel Pinto

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Rachel Pinto

Cerca de 100 caminhoneiros realizam um protesto na manhã desta quarta-feira (29), na Avenida Presidente Dutra em Feira de Santana. Segundo eles, vão também realizar uma passeata pelo centro da cidade e o objetivo é manifestar contra os horários de carga e descarga determinados pela prefeitura, além da restrição de circulação pelas principais avenidas. Eles relatam que estão impossibilitados de trabalhar.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Adilmo Souza dos Santos que é caminhoneiro há dez anos explicou que os caminhões são do tipo três quartos e fazem entregas diversas e fretes por toda a cidade. No entanto, a determinação da prefeitura proíbe que circulem além do centro da cidade, como também em outros locais no período das 7h às 19h.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Queremos mostrar a nossa indignação. É uma atitude perversa que o prefeito e secretário fizeram com a gente. Eu tenho umas oito multas e tem colega com mais de vinte multas. Eles falam para que a gente faça uma defesa. Queremos que desbloqueiem algumas avenidas que ficam fora do centro da cidade, que nos deem condições para a gente trabalhar diariamente”, afirmou.

Caminhoneiro há 20 anos, Carlos Alberto confirmou a situação e relatou que a categoria de três quartos está autorizada a trabalhar apenas no anel de contorno.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Pedimos que o prefeito coloque o horário de restrição no centro da cidade de 7h às 10h e das 10h às 17h seja liberado com um ponto de carga e descarga que não temos na cidade. Estamos sendo cobrados e como é que a gente vai trabalhar? A gente trabalha o dia todo entregando alimentos diversos, fazendo frete, mudanças e as avenidas estão travadas”, lamentou.

O Superintendente Municipal de Trânsito, Cleudson Almeida informou que essa determinação corresponde a Lei 32.57/2015 que restringe a circulação de veículos pesados em determinadas vias da cidade. Segundo ele, há o procedimento de carga e descarga que é realizado no horário das 7h da manhã às 19h para veículos com metragem igual a 6,5 metros e e a referida lei prevê também uma tolerância de 15% quanto ao comprimento desses veículos. Veículos com comprimento em até 7,47 metros podem trafegar na atividade de carga e descarga na cidade.

“Aqueles com metragem superior a que foi informada, só podem trafegar e realizar a atividade de carga e descarga a partir das 19h. É uma lei de 2015 , onde todos aqueles que tem comprimento superior ao que está definido, não podem trafegar principalmente no centro da cidade, das 7h às 19h. O condutor que teve seu veículo notificado e que se encontra dentro do permissível da lei pode se dirigir à Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), que as inconsistências quando a determinados autos de infração serão devidamente corrigidas”, finalizou.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Fotos: Ney Silva/Acorda Cidade

 

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.
 

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade