Camarotes passam por fiscalização

Documentação, extintores, construção e saídas de emergência. Estes foram alguns dos pontos vistoriados nos camarotes pela comissão técnica de Fiscalização Preventiva Integrada.

06/04/2010 às 18h13, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Micareta

Foto: Secom

Documentação, extintores, construção e saídas de emergência. Estes foram alguns dos pontos vistoriados nos camarotes pela comissão técnica de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) para a Micareta 2010, no final da manhã desta terça-feira (6). A comissão da FPI é composta por representações do Governo Municipal, 2º Grupamento de Bombeiro Militar, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Técnica e Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea).

De acordo com a sargento e engenheira do 2º Grupamento de Bombeiro Militar, Carla Santos, o órgão fiscaliza os setores preventivos e de pânico. “A documentação é o primeiro passo. A empresa tem que dar os projetos contra incêndio e pânico para a gente poder analisar e ver se está tudo dentro das normas técnicas e da legislação. Depois a gente faz a vistoria in locu”, afirma.

Ela informa, inclusive, que a empresa Elite se comprometeu a entregar o projeto atualizado nesta terça-feira, e a empresa responsável pelos camarotes da imprensa, a Emes, também falta entregar os documentos e o projeto pendente. “Vamos ter o primeiro contato com esta empresa hoje e cobrar a documentação”, disse.

Caso sejam encontradas irregularidades, as empresas serão notificadas pela Prefeitura de Feira de Santana e devem se ajustar com antecedência de pelo menos 48 horas da festa. Os setores vistoriados vão receber um adesivo informando que passaram pela fiscalização.

Os prepostos do Crea também esteve atento ao registro dos camarotes no Conselho Regional de Engenharia, na Prefeitura Municipal e em outros órgãos. “Esta é uma questão para garantir a segurança em todo o percurso para a micareta de Feira de Santana”, ressalta o inspetor da entidade, Diógenes Senna.

As informações são da Secom.

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade