Bancários podem retornar ao trabalho nesta sexta-feira

A categoria faz assembléia na noite desta quinta-feira, para decidir se aceita o reajuste de 6% proposto pelos bancos.

07/10/2009 23h44, Por Dilton e Feito

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Depois de 15 dias de greve, os bancários devem retornar ao trabalho amanhã. A categoria ainda se reúne na noite desta quinta-feira (8), para avaliar a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), apresentada na última rodada de negociação. O reajuste proposto pelos bancos é de 6%, que significa aumento de 1,5% acima da inflaçăo.

A PLR (Participação nos Lucros e Resultados) também aumentou. O adicional passa a ser 2% do lucro líquido do banco, independentemente do crescimento desse lucro. Outro avanço na negociação foi o teto do pagamento da PLR. A Fenaban queria derrubar para 4%, mas acabou propondo o teto de 15% na distribuição do lucro.

No início das negociações, quando os bancários reivindicavam 10% de reajuste, os bancos apresentaram a proposta de 4,5%, por isso a última proposta foi considerada um avanço. A greve garantiu também mais contratações pelos bancos públicos e ainda falta negociar pontos específicos da pauta, como os programas contra o assédio moral.

“A decisão de aceitar os 6% ou manter a greve será tomada na assembléia”, disse Edmilson Cerqueira, diretor do Sindicato dos Bancários de Feira de Santana. Ele avalia que, independentemente da posição a ser tomada pelos bancários, o movimento já pode ser considerado vitorioso.

Madalena de Jesus

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade